Mulheres se unem em luta contra o estupro e protestam nas redes sociais

Foto: Facebook/Reprodução
Foto: Facebook/Reprodução

Em resposta à notícia chocante de que uma adolescente de 16 foi estuprada por 33 homens no Rio de Janeiro, mulheres tomaram as redes sociais para protestar contra a cultura do estupro.

A reação não é novidade: em em meio a uma onda de campanhas como #meuamigosecreto e #meuprimeiroassédio, assim como a criação de movimentos como o Vamos Juntas? e coletivos feministas, mulheres vêm denunciando casos de abuso e se unindo na luta contra o machismo

:: Sai pra lá, assédio! Aplicativo ajuda mulheres a denunciarem assédio
:: O ano do empoderamento e das hashtags feministas
:: 5 famosas que não se calaram e revelaram terem sido abusadas

Confira abaixo algumas imagens compartilhadas nas redes sociais:

Muitas também adicionaram às suas fotos de perfil no Facebook um filtro com os dizeres “Eu luto pelo fim da cultura do estupro”. É possível fazer essa mudança pelo site do Twibbon, apenas clicando para permitir que o aplicativo faça a mudança na foto do perfil.

Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

:: O problema das “cantadas”: por que o assédio verbal não é levado a sério?
:: As preparadas! Mulheres recorrem a aulas de autodefesa para se sentirem seguras e confiantes

Famosas como Camila Pitanga, Maria Casadevall e Susana Vieira também se manifestaram sobre o caso em seus perfis no Instagram.

Camila Pitanga :

 

Depois de compartilhar imagens exigindo justiça, Maria Casadevall fez um apelo:

contra o HORROR, o AMOR.

Uma foto publicada por Maria Casadevall (@mariacasadevall) em

 

Mônica Iozzi compartilhou um comentário que recebeu:

Uma menina deixou o seguinte comentário num dos meus posts contra a cultura do estupro. Linda…

Uma foto publicada por Monica Iozzi (@monica.iozzi) em

 

Susana Vieira também fez um apelo pelo fim da violência contra as mulheres:

? #todoscontraaviolencia #denuncie #180 #chegadeviolenciacontraasmulheres

Uma foto publicada por Susana Vieira (@susanavieiraoficial) em

 

“Não se cale!” pediu Patrícia Pillar:

NADA JUSTIFICA UM ESTUPRO! NÃO SE CALE! DENUNCIE! LIGUE 180 – CENTRAL DE ATENDIMENTO Á MULHER #EstuproNuncaMais

Uma foto publicada por Patricia Pillar (@patriciapillaroficial) em

Leia mais

Hot no Donna