Não é só rosa: marca lança sapatilhas de balé para tons de pele negra

Quem pratica balé sabe o quão essencial e pessoal são as sapatilhas de ponta. Por 182 anos, desde sua criação, o acessório em tons de rosa contemplou apenas dançarinas de pele clara. Todas as outras mulheres tinham então de buscar alternativas para deixar a cor do calçado o mais parecida possível com a própria pele.

Com tempo suficiente para perceber o incômodo, a Gaynor Minden, empresa norte-americana consagrada na produção de acessórios, lançou dois novos tons base de sapatilhas: EspressoCappuccino. Os acessórios em dourado e marrom chegam ao mercado para competir com os três clássicos tons de rosa.

Nas redes sociais, a repercussão foi positiva. Diversas seguidoras comentaram ter amado a novidade e pediram que a marca batize as duas peças com nomes de bailarinas negras, como Misty Copeland e Maria Tallchief. No Instagram oficial da marca, a bailarina @ella.cosette registrou “Isso é maravilhoso. Estou usando Gaynors agora! E estou tão feliz por eles estarem representando todos bailarinos”.

As peças ainda não estão disponíveis à venda no site da Gaynor Minden, que não divulgou datas de lançamento.

Leia mais
:: Opinião: filme “Estrelas Além do Tempo” mostra a vida de mulheres negras cientistas dos anos 50
:: Transexuais e travestis estampam calendário contra o preconceito no mercado de trabalho
:: Hari Nef é a primeira modelo transgênero em campanha da L’Oréal Paris

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna