Sete em cada 10 homens sentem saudades da vida sexual antes dos filhos, diz pesquisa

Levantamento analisa comportamento sexual de casais após o nascimento dos filhos

Divulgação: HBO
Divulgação: HBO

Uma pesquisa realizada com homens pelo projeto Mãe só pensa naquilo analisou o comportamento sexual de homens e mulheres no período após o nascimento do bebê. No levantamento, cerca de 70% dos homens entrevistados revelaram sentir saudades de como o sexo era antes da chegada dos filhos.

Falando sobre a relação com as companheiras, 62,4% dos entrevistados contaram que a parceira já reclamou de dor durante a relação no pós-parto, enquanto a queda do desejo sexual delas foi sentida por 61,5% dos participantes. Os números diferem um pouco da pesquisa feita com mulheres, em abril deste ano: a dor foi relatada por 54% das entrevistadas e a perda da libido foi sentida por 70% das mulheres.

:: Dor durante o sexo: saiba o que causa o desconforto e quais as formas de tratá-lo
:: Sexo: você tem medo de quê? Os grandes temores dos homens antes (e durante) a transa
:: Pesquisa revela que casais que dividem tarefas domésticas fazem mais sexo

Quando perguntados sobre a retomada da vida sexual depois do parto, 40,9% dos homens contam terem feito sexo apenas após a quarentena, mas 22,6% afirmaram ter acontecido antes desse período.

– Este foi um dado que nos chamou a atenção. Nós que somos mães sabemos o quanto é difícil o pós-parto em todos os aspectos, principalmente no emocional. É um período de introspecção da mulher, em que a atenção dela está totalmente focada no bebê. Além disso, a recomendação de abstinência sexual nesse período tem uma razão médica, já que podem ocorrer infecções e outras intercorrências, principalmente em mulheres que passaram por uma cesárea  – explica Leda Sangiorgio, cofundadora do Mães que pensam naquilo.

A pesquisa foi feita online, entre os meses de julho e agosto, com 108 homens. O Mães que pensam naquilo é um projeto focado no empoderamento feminino na área de qualidade vida e sexualidade no pós-maternidade.

Confira outros dados:

8 em cada 10 compreendem que a mulher se sente cansada após a maternidade;
34,8% acham que podem não estar sendo mais amados, que a mulher ama mais o bebê do que eles, e chegam a cogitar que estão sendo traídos;
3,5% acham que as mudanças são parte da maternidade e que a mulher está linda com sempre;
6,5% consideram que a parceira poderia se cuidar mais;
58,1% relatam ter fazerem sexo pelo menos uma vez por semana;
22,5% contam que frequência é de uma vez por mês ou mais;
74,2% dos homens dizem tomar a iniciativa de conversar sobre sexo, porém a maioria não busca novidades para apimentar a relação. Entre os motivos citados, estão a falta de reciprocidade e de interesse sexual da parceira.

:: Saiba quais as reclamações mais comuns das mulheres sobre o parceiro durante o sexo
::Pesquisa aponta que dizer “te amo” durante o sexo deixa o casal mais satisfeito
:: O que todo mundo quer saber sobre sexo e tem vergonha de perguntar

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna