Pesquisa: as mulheres estão curtindo mais o sexo que os homens e gozando melhor

Foto: Paramount Pictures, divulgação
Foto: Paramount Pictures, divulgação

A vida sexual e o comportamento de mulheres e homens dentro de quatro paredes é, há tempos, objeto de estudos, principalmente daqueles voltados ao prazer e aos orgasmos. Desta vez, foi uma pesquisa britânica, encomendada pela LoveHoney, fabricante de brinquedos eróticos, que apontou uma importante mudança no comportamento feminino. É que agora as mulheres estão gostando mais do sexo que os homens.

Embora dois terços dos homens sempre alcancem o orgasmo com a penetração, menos de um quarto das mulheres reage da mesma forma. Mesmo sendo menos comum, o orgasmo feminino é mais intenso e duradouro, segundo o estudo. O clímax feminino dura, em média, 25% mais do que o dos homens, sendo que as mulheres experienciam orgasmos de 10.9 segundos, aproximadamente, enquanto eles têm 8.7 segundos de ápice de prazer.

Foto: Fernando Rezende

Foto: Fernando Rezende

No quesito orgasmos múltiplos, elas também lideram. O índice feminino chega a 75%, enquanto o masculino marca 67%. O aumento da satisfação feminina não quer dizer, entretanto, que os homens estejam infelizes com o sexo, pelo contrário. Ambos estão alcançando, segundo os pesquisadores, altos níveis de prazer.

A porta-voz da marca aponta a literatura erótica, como a trilogia de Cinquenta tons de Cinza, como impulso para o empoderamento das mulheres e item de auxílio para tirar o prazer feminino da sombra. Ela afirma ainda que essa “libertação” delas também quebra o paradigma de que sempre será o homem a comandar na cama.

900x300

 

Leia mais
:: Sexo meia-boca? Saiba o que pode estar atrapalhando seu desejo
:: Como dizer do que você gosta: abrir o jogo com seu par melhora a relação dentro e fora da cama
:: #GozaNaMinhaBoca: por que o prazer feminino incomoda tanto

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna