Playboy americana volta a publicar fotos de mulheres nuas

A revista americana Playboy voltou a publicar fotos de mulheres nuas um ano após o comunicado de que deixaria a nudez de lado, pois não compensava competir com o conteúdo disponível na internet. A reviravolta será na edição de março/abril, intitulada Nu é normal, já disponível na internet.

Segundo Cooper Hefner, atual diretor criativo e filho do fundador da revista, Hugh Hefner, a forma como o nu era mostrado na revista estava obsoleta, mas a utilização deste tipo de imagem nunca foi um problema para a marca.

No Twitter, Cooper reconheceu que “retirar por completo a forma como eram publicadas as fotos nuas, foi um erro” e que a atual edição “traz de volta a identidade de quem é a Playboy”.

Capa da edição março/abril de 2017 da revista Playboy | Fot: divulgação

Capa da edição março/abril de 2017 da revista Playboy | Fot: divulgação

A nova forma de publicar a nudez prevê que a revista mostre aquilo que a modelo quer mostrar, sem a obrigatoriedade de nus frontais, por exemplo, que eram marca registrada da Playboy. Para a capa da edição de março, foi fotografada a modelo californiana Elizabeth Elam.

Em seu 63º ano de atuação, a playboy teve Pamela Anderson, atriz famosa pelo seriado S.O.S. Malibu, como última mulher a posar nua, na edição de janeiro/fevereiro de 2016. No Brasil, as fotos nuas deixaram de ser obrigatórias na revista após a venda da marca para o grupo PBB Entertainment.

Leia mais
:: Playboy americana divulga primeira capa sem nu, inspirada no Snapchat
:: Saiu a primeira capa plus size da Playboy Brasil: confira!
:: Nova Playboy brasileira anuncia a primeira capa e diz que mulheres serão parceiras da revista

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna