Polêmica! Em post no Facebook, mulher afirma que “amamentar é coisa de pobre”

Enquanto muitas mães se mobilizam em eventos como a Hora do Mamaço para incentivar a amamentação, uma usuária do Facebook causou polêmica em um post ao afirmar que dar de mamar “é coisa de pobre”.

Com a imagem de uma mãe andando de bicicleta enquanto a filha mama no peito, ela afirma que o ato de amamentar seria incentivado pelo próprio governo para não ter de fornecer leite em pó artificial para as crianças carentes.

Veja o post completo:

POBRE FAZENDO POBRICE! Vai em um bairro nobre, ou em um restaurante fino pra vc ver se encontra mulher com o peito pra fora?! Kkkkkkkkk! JAMAIS! Elas levam mamadeira! Como eu fazia! Ou no mínimo colocam uma fraldinha pra tapar o peito! Isso se chama BOM SENSO! Essa ridícula aí ta querendo aparecer! E outra, depois dos 6 meses a criança já começa a comer outros tipos de alimentos e não é necessário ficar amamentando a qlq momento e em qlq lugar não! Essa história de amamentação é um programa de incentivo do governo pra fazer as coitadas das pobres virarem umas vacas leiteiras e ficar amamentando até 2 anos de idade! Economia pro governo! Imagina se toda a pobraiada que se empenca de filhos resolvessem dar NAN (mamadeira) para toda a sua penca? O governo tava lascado! Eles incentivam amamentação e cada uma q se vire com os peitos mesmo…. Agora, quem tem dinheiro não segue esse incentivo… Eu nunca amamentei meu filho e ele é lindo e saudável! O NAN hj em dia é completamente igual ao leite materno em questão de nutrição! Hoje em dia não tem mais necessidade de amamentar dessa maneira! O mundo ta evoluindo gente! Só que custa muito caro! Mas eu optei por isso… A criança mama com muito mais facilidade, fica mais tranquila, dorme melhor, não tem dor de barriga e vc leva a mamadeira pra qlq lugar e não passa vergonha com o peito de fora… Foi a melhor coisa que fiz na minha vida!

amaamenta

Leia mais
:: “Amamentar não é um ato sexual”, defende atriz de The Big Bang Theory
:: #MamilosLivres: Facebook libera fotos de mães amamentando seus filhos
:: Você comeria aqui? Ensaio ironiza “orientação” para que mães amamentem bebês em banheiro

Publicada no sábado, 31 de outubro, a postagem já foi compartilhada por mais de 14 mil pessoas – a maioria, claro, revoltada com as afirmações. Separamos aqui alguns dos comentários:

“As cenas que realmente venho a me envergonhar são das mulheres que se submentem caladas, a violencia, racismo e machismo. agora se envergonhar de amamentar isso jamais quem escolhe a hora e o lugar são nossas crianças.”

“Compartilho essa desprezível publicação apenas, para lamentar a pobreza de espírito desse ser humano…
Amamentar é um ato de AMOR. É o melhor alimento que o nosso bebê pode receber.”

“Querida, você que é pobre e ignorante. Não nenhum alimento é tão bom quanto o leite, nenhum alimento tem tudo que um bebê necessita. O leite é um alimento direto da fonte sem risco de causar algum mal ao neném.  E outra, é o neném que determina a hora da mamada, não você, ou essa sociedade que está cheio de falsos ‘pudores ‘.”

“Eu amamento em qualquer hora ou lugar, e acho lindo uma mãe dando de mamar”

Veja também
:: Dar de mamar faz o peito “cair”? 14 mitos e verdades sobre amamentação
:: Positivo ou não? Empresa instala cabine para amamentação em aeroporto de Nova York

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que o aleitamento materno seja a única fonte de alimentação dos bebês até os 6 meses – e que, aliada a outros alimentos, o leite da mãe seja oferecido até os dois anos. Fórmulas infantis devem ser oferecidas somente sob prescrição do pediatra ou quando a mãe, por algum motivo, não consegue amamentar.

 

Lei protege as mães que querem amamentar em público

Vale lembrar que, em abril, o prefeito da capital paulista Fernando Haddad (PT) sancionou uma lei que garante às mães o direito de amamentarem em locais públicos em qualquer estabelecimento da cidade. Quem tentar proibir ou constranger a mãe poderá ser multado em R$ 500 – valor que dobra se a prática for reincidente. Espaços culturais, comércios, locais recreativos ou que prestam serviços, ainda que tenham área de amamentação, estão incluídos no Projeto de Lei 843/2013.

Leia mais
:: 5 benefícios da amamentação para a mãe

Leia mais
Comente

Hot no Donna