Sem ódio! Movimento americano lança filme sobre o preconceito contra o próprio corpo

“Nós estamos na busca pelo fim da epidemia de ódio ao corpo”. Com o mesmo tema do movimento que o idealizou, o documentário Embrace – traduzido livremente como “Abrace” – chega ao público no dia 14 de fevereiro. O filme, que apresenta depoimentos de mulheres que tinham vergonha, medo e desprezo pelas próprias formas, marcas e curvas, é resultado de uma volta ao mundo feita por Taryn Brumfitt, fundadora do Body Image Movement (BIM).

Taryn visitou e entrevistou mulheres de diversos lugares e culturas para entender os problemas que cada uma via em sua própria aparência. Segundo levantamento do projeto, 91% das mulheres do mundo não estão felizes ou satisfeitas com o corpo. A produção levou dois anos para ser finalizada e foi paga por um projeto lançado no Kickstarter – site de financiamento coletivo – em 2014.

Confira o trailer

O Dia de São Valentim nos Estados Unidos – data em que os americanos comemoraram o Dia dos namorados – marcará a estreia oficial da produção, que já foi apresentada no Sydney Film Festival 2016. Na ocasião, o filme ficou entre os 5 melhores escolhidos pelos diretores do juri. Além dos eventos de exibição pública nos Estados Unidos, Canadá e Austrália, será possível alugar o filme pelo iTunes.

O Body Image Movement (BIM) – Movimento de Imagem do Corpo — é uma luta internacional fundada sobre a crença de que o corpo não é um objeto, e sim um veículo para nossos sonhos. A ideia surgiu após uma foto de Taryn de antes – muito magra — e depois – com mais curvas – viralizar nas redes sociais.

Leia também
:: Blogueira posta foto do corpo depois da gravidez: “Você merece celebrar o seu corpo”
:: Criadora de “Girls”, Lena Dunham exibe o corpo sem retoques em campanha de lingerie
:: Sem tabu: modelo exibe cicatrizes de mastectomia em campanha de academia americana 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna