Iniciativa do bem: site permite disponibilizar produtos e serviços para doação

Por Camila Maccari, Especial

Imagine aquele ventilador que funciona perfeitamente, mas não é mais usado ou uma mesa que já não encontra espaço em casa. São objetos que poderiam ser úteis para outra pessoa. Ou a situação contrária: é você quem precisa de uma mesa, mas o orçamento está apertado e a saída é esperar. Para cenários como esse surgiu o Atraia, um portal para doação de objetos e serviços lançado em maio desse ano e disponível para todo o Estado. E o melhor: qualquer pessoa pode anunciar ou buscar itens de graça.

Veja mais
Conheça a brasileira que criou uma rede para ajudar as pessoas com cartas escritas à mão
Comunidade no Facebook estimula e viabiliza a doação de objetos em desuso em Porto Alegre

 

A iniciativa é do representante comercial Demian Kapelius, uruguaio que vive em Porto Alegre desde criança. A ideia surgiu em 2014, quando a necessidade de um carro novo fez com que ele pesquisasse sites de vendas em busca de ofertas. Foi ali, em meio a uma infinidade de páginas oferecendo milhares de produtos, que ele percebeu: ao contrário de quem queria vender, os que queriam doar não encontravam espaço.

Interessado em temas como sustentabilidade e consumo consciente, Demian investiu tempo e dinheiro para tornar a plataforma viável. O projeto, baseado na economia compartilhada, vai ao encontro de uma tendência mundial de reutilização de objetos para evitar o desperdício.

— Nem sempre é preciso comprar para satisfazer as necessidades de consumo. Além disso, tem gente que quer doar e tem gente que quer receber, é simples — afirma.

As primeiras pessoas a utilizarem o site foram o próprio Demian e a esposa Cristiane, que o ajuda na administração da página. Ele conta que o Atraia rendeu momentos divertidos, como a vez em que a pessoa que foi retirar um utensílio levou como agradecimento frutas do sítio onde morava. Em três meses de site no ar, já foram doados mais de trezentos itens – desde roupas e móveis, a serviços de personal organizer e tratamento facial.

— O que mais tem circulado são roupas e livros, mas a maior busca é por produtos mais caros, como móveis e eletrodomésticos, que entram na roda com menos frequência — conta. Para conhecer mais, é só entrar no perfil da plataforma através do facebook.com/PortalAtraia

Como funciona

Quero doar

Para quem quer desapegar de coisas boas que estão guardadas e não serão usadas, é só entrar no site atraia.com e se cadastrar – é preciso nome, sobrenome e e-mail. Depois do cadastro feito os itens já podem ser catalogados nas diversas categorias disponíveis.

Quero receber

Quem entrar no site e se interessar por algum item, precisa preencher o formulário do produto correspondente e combinar com o proprietário a melhor forma de retirada.

Segundo Demian, o próximo passo é expandir o projeto para os outros estados do país e lançar um aplicativo para celular.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna