Estados Unidos terá serviço estilo Uber apenas para mulheres

Serviço de transporte irá permitir somente motoristas e passageiras do sexo feminino

Para evitar situações de assédio a mulheres, um homem decidiu criar um serviço de transporte e caronas similar ao Uber voltado apenas para mulheres. Michael Pelletz é ex-motorista do Uber e teve a ideia do empreendimento, que é presidido por sua esposa, Kelly, com sede em Boston.

A iniciativa foi temporariamente batizada de Chariot for Women e tem previsão de início de operações em 19 de abril em todo o território americano.

O “Uber feminino” irá aceitar apenas passageiras mulheres (incluindo transgêneras), crianças acompanhadas de suas responsáveis e terá apenas mulheres cadastradas como motoristas. As condutoras também vão ter suas fichas de antecedentes criminais conferidas antes de serem contratadas. Mais de 1 mil mulheres já se cadastraram para serem motoristas do serviço.

A iniciativa lembra outras do mesmo gênero, como o SheTaxis, também americano, que conecta mulheres motoristas com passageiras mulheres.

site oficial da Chariot e o Facebook do serviço anunciam que o nome da empresa ainda é provisório e que aceitam sugestões das futuras usuárias do serviço.

Leia também
:: Tarifa do Uber muda em Porto Alegre a partir desta segunda-feira
:: EPTC já apreendeu 37 veículos do Uber em Porto Alegre

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna