Uma santa ajuda: Micaela Góes responde sete dúvidas sobre organização

Foto: Alexandre Campbell, divulgação
Foto: Alexandre Campbell, divulgação

Existem algumas questões que surgem na hora da arrumação que ninguém sabe muito o bem como lidar. A “organizadora de vidas” Micaela Goés, do programa Santa Ajuda, do canal GNT, respondeu a Donna dúvidas e deu dicas práticas para colocar a vida no lugar.

Nesta estação, tivemos até diferença de 30°C para 3°C em questão de horas. Como organizar o armário nessas condições?

Jura?! Tem isso em Porto Alegre? Normalmente, recomendo rodízio de peças por estação, mas, nesse caso, organizaria por níveis de frio: roupas de calor, de friozinho, de frio e de friozão. Para o dia a dia, aquela coisa: sempre ter um casaquinho na bolsa.

CDs e DVDs: doação ou têm solução? 

A resposta é sob medida para quem pergunta. Tenho clientes que se deram conta de que nem usam mais os aparelhos de CD e DVDs. Para esses, eu recomendo digitalização e doação. Mas tem quem goste de manusear os CDs, de colocar para tocar. Para esses, vale a pena pensar em uma forma de organizar.

Roupa em rolinho tem suas vantagens? Cite três. 

Tem, mas não sou adepta. Vou te dar outra opção para blusinhas e camisetas com três vantagens: em vez de dobrar ao meio, dobre-as em três partes. Você terá elas em retângulos. Aí você pode guardá-las empilhadas, em cascata ou enfileiradas, como lombadas de livros.

Mantas para sofás. É uma necessidade? 

Volta para a questão da necessidade: se você tem pets, crianças pequenas, vale até capas em vez de mantas para proteger o estofado. Você pode escolher trabalhos manuais maravilhosos, brincar com as cores da sala…

Dobrar calcinhas e meias faz sentido?

Faz muito sentido. Sua gaveta fica bem mais prática e aprazível. Além de dobrar, faz sentido fazer colmeias ou divisórias para categorizar calcinhas e meias para cada ocasião. Sem divisões, talvez não faça sentido mesmo, porque no movimento elas se misturam, e se foi a divisão.

Feng Shui: mito ou realidade? 

Não sou uma especialista, mas acredito, sim. Aplico algumas técnicas em prol da organização, assim como algumas da decoração, da arquitetura. Acredito em todas as filosofias que nos convidam ao autoconhecimento, e o Feng Shui é uma delas.

Sou superorganizada, mas casei com uma pessoa bagunceira. O que fazer? 

Conselho: não faça disso uma batalha, porque você não muda quem não quer ser mudado, não ensina quem não quer ser ensinado. Se acha que seu par teria algo a ganhar sendo mais organizado, se proteja da bagunça dele e demonstre os benefícios dando o exemplo.

Leia mais
:: Apenas… respire! Dicas de Monja Coen para manter a mente tranquila
:: Depois do fim: cinco dicas para você superar uma separação

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna