Vai ter nude sim! Revista Playboy brasileira decide manter ensaio de mulheres nuas

Contrariando a proposta da edição norte-americana, que a partir de março de 2016 deve eliminar todo o conteúdo de nudez de suas páginas, a Playboy brasileira anunciou que, por aqui, os tradicionais ensaios com mulheres nuas serão mantidos.

Em editorial publicado na edição deste mês, o diretor Sérvio Xavier Filho explicou a decisão, garantindo que cada uma das 23 publicações internacionais da Playboy têm autonomia para escolher suas diretrizes. Por enquanto, a versão brasileira se limita a “observar com atenção” os reflexos da nova proposta da americana, que deve seguir publicando mulheres apenas em poses sensuais – decisão que, para o jornalista, é de “suprema ousadia”.

— Aqui no Brasil, seguiremos publicando nossos ‘nudes’ e observando com atenção o que ocorrerá nos Estados Unidos. De certo mesmo, apenas a promessa de que nunca mais escreverei ‘nudes’. Que ideia mais cretina essa de ‘gourmetizar’ a mulher pelada… — escreveu no editorial da edição de novembro da publicação, em trecho reproduzido pelo site Uol.

 Veja também
:: Decisão da Playboy reflete a banalização da nudez, dizem especialistas

Em entrevista à ZH em outubro, Sérgio Xavier Filho já havia sinalizado que a Playboy Brasil não abraçaria a decisão, pelo menos por enquanto:

— Eu tenho minhas desconfianças de que isso não vai acontecer num primeiro momento aqui no Brasil. Acho que em um primeiro momento não vamos adotar essa posição. (…) Creio que vai ter uma certa orientação, no sentido de ter “olha, estamos indo por esse caminho por essas razões, elas fazem sentido pro mercado de vocês? Se fizerem sentido venham atrás da gente. Se não fizer sentido, façam essa transição lenta ou no momento que acharem propício”. Sempre teve na Playboy esse tipo de comportamento da matriz com cada subsidiária — disse.

 

 

Leia mais
Comente

Hot no Donna