Você é prioridade: confira seis passos para turbinar sua autoestima

Foto: Pixabay, divulgação
Foto: Pixabay, divulgação

Por que, vira e mexe, a gente foca mais nos defeitos do que nas próprias qualidades? Por que você é tão compreensiva e sabe como motivar uma amiga em dificuldades, mas nem sempre tem a mesma paciência consigo mesma? A coach e analista em inteligência emocional Semadar Marques já perdeu a conta de quantas vezes fez esses mesmos questionamentos nas palestras que promove e no atendimento a quem busca ajuda para encontrar seu caminho na profissão (e fora dela). A seguir, ela lista seis passos básicos para você se valorizar mais e colocar suas necessidades e vontades em primeiro (isso mesmo, em primeiro) lugar.

Não se compare com ninguém

Há várias coisas a melhorar em você – como em qualquer uma de nós. Mas já parou para pensar em quantas vezes você se diminui tentando se comparar com outras pessoas? Pare de focar em seus defeitos e perceba o montão de qualidades que você tem. Mude o que a incomoda, mas dê uma chance a si mesma e comece a se enxergar de maneira mais positiva. Vale a pena.

Priorize o que é bom para você

Optar por seu próprio bem-estar pode parecer uma atitude egoísta, mas tenha certeza de que não é. Para que você possa estar inteira em suas relações, é preciso, primeiro, estar bem consigo mesma, atendendo às próprias necessidades e vontades. Procure fazer todo dia algo que lhe proporcione bem-estar, por mais simples que seja. Você merece.

Cuide do que fala para si mesma

Se sua melhor amiga vem lhe contar que está vivendo um momento difícil, que palavras você dirá a ela? E se esse problema for com você, o que dirá a si mesma? Estabeleça uma relação de companheirismo e camaradagem consigo, encorajando-se com as mesmas palavras e conselhos que daria a alguém muito querido.

Aprenda a dizer não

Muitas vezes, por insegurança, mulheres acabam cedendo a algo que não lhes agrada. Dizer “sim” para alguma coisa que contraria seu desejo ou suas crenças é dizer “não” para si mesma, revelando a dificuldade de impor sua vontade e estabelecer limites. Você tem o direito de pontuar o que não a deixa confortável e exigir que suas escolhas sejam respeitadas.

Delegue sem culpa

Mulheres têm uma certa tendência em achar que é sua exclusiva obrigação as diversas tarefas domésticas e sociais. Arrumar a casa, comprar o que precisa no supermercado, levar o filho à festa de aniversário do amiguinho. Assim, é fácil ficar sobrecarregada e esquecer de si mesma. Não espere seu parceiro oferecer ajuda. Dividir os diversos afazeres não é nenhum favor que ele lhe faz, e sim uma distribuição justa, pois todos têm a obrigação de contribuir da mesma forma.

Respeite e apoie outras mulheres

Sororidade significa colaboração entre mulheres. A palavra vem do latim: “sóror” significa “irmã”. Quando você está confiante em suas habilidades, não precisa competir com as outras, pois não se sente ameaçada. Ao contrário. Uma mulher segura de si é capaz de inspirar outras mulheres a seguirem o mesmo exemplo, e este é o melhor caminho para se alcançar a igualdade de gênero.

Leia mais
:: Indiana quebra estereótipos da noiva tímida ao cantar e dançar em vídeo viral
:: O que vi e vivi: leitora conta a história de amor ao reencontrar uma paixão da infância depois dos 60 anos
:: Brigar pode ajudar o relacionamento: saiba como ter uma boa D.R.

Leia mais
Comente

Hot no Donna