Conheça três artistas mulheres que usam da arte para dar o seu recado

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Você está convidada a (re)conhecer três artistas mulheres que compartilham o desejo de ir além do traço para dar seu recado. Com humor, ironia e leveza, as gaúchas Isadora Brandelli e Majane Silveira e a paulista Lela Brandão mostram ter muito a dizer.

Lela Brandão

00d0aef7

A estudante paulista de Arquitetura de 24 anos tem no currículo projetos como o Frida Feminista, em que espalhava lambe-lambes pela cidade com frases sobre ser mulher. Neste ano, passou a investir em ilustrações digitais que lançam um olhar ainda mais pessoal sobre o feminismo: convida a desapegar de relações tóxicas, ser sua melhor companhia ou, como na arte ao lado, lembrar que não se elogia alguém insultando outra mulher. Com seus quase 80 mil seguidores no Instagram, Lela compartilha seu trabalho e dialoga com mulheres de diferentes partes do Brasil. E garante: “Fica na cara que a rivalidade feminina já é brega e está com os dias contados. Juntas somos muito maiores”.

00d0aef6

@lela.brandao
@estudiosinestesia

Isadora Não Entende Nada

00d0aef9

Natural de Bento Gonçalves, Isadora Laís Costa Brandelli, 27 anos, vive e trabalha em Porto Alegre. Passou pela Faculdade de Artes Visuais da UFRGS, mas decidiu trancar o curso para se aventurar por conta própria em técnicas de pintura, com uma pitada de poesia e frases fortes. O tema recorrente já foi o amor romântico, mas hoje é o autoconhecimento, o feminismo, o amor-próprio e os caminhos para superar a ansiedade. E o nome do site e do perfil no Instagram tem, claro, uma boa história por trás: “Isadora não entende nada” é uma frase que ela leu aleatoriamente no livro Mulheres, de Eduardo Galeano. Achou que se encaixava perfeitamente e assim batizou seu trabalho com figuras marcantes, sempre com muito a dizer e compartilhar em nome da liberdade. E o público entendeu tudo: hoje quase 90 mil seguidores acompanham diariamente as artes de Isadora na rede.

00d0aef8

@isadoranaoentendenada
www.isadoranaoentendenada.com.br

Umas potocas

00d0aef4

Majane Silveira, 38 anos, de Porto Alegre, é o nome por trás do perfil de Instagram Umas Potocas. Ela já atuava com ilustrações e artes gráficas, mas sentia falta de dar o seu recado: há um ano, vem dando um toque mais autoral para seu trabalho compartilhado nas redes. Aos poucos as figuras foram ganhando voz, tornando-se mais provocativas e bem-humoradas em cartuns e quadrinhos que brincam com temas do cotidiano e nossas pequenas grandes questões, como o reflexo no espelho, dramas existenciais, a vida nas redes sociais e o que mais couber em seu olhar aguçado, com sutileza, graça e ironia na medida. Majane inaugurou também um site, onde estão disponíveis prints, adesivos e cartões. E o que quer dizer o nome “potocas”? É uma referência a um apelido de infância e à visão muito particular de Majane sobre o mundo ao redor.

00d0aef3

@umaspotocas
• umaspotocas.com

Leia mais:
:: Inspiração: artista americana retrata com beleza e sensibilidade cabelos afros
:: Louças assinadas por artistas e ilustradores levam arte para a mesa
:: #MariellePresente: artistas manifestam suas opiniões sobre a morte de Marielle Franco nas redes sociais

Leia mais
Comente

Hot no Donna