Angelina Jolie e Brad Pitt procuram especialista para aprender a lidar com a situação da filha

Não é de hoje que a pequena Shiloh, filha do casal Jolie-Pitt, tem chamado a atenção dos holofotes internacionais por, simplesmente, preferir vestir roupas de meninos. Aos 9 anos, a garotinha tem dito aos pais que gostaria de ser um garoto. E para aprender a lidar e ajudar a filha com a situação, Angelina e Brad resolveram buscar a ajuda de um profissional. As informações são do site Radar Online.

:: Entrevista! Angelina Jolie celebra as delícias e descobertas do seu papel principal: a maternidade
:: Retirada de ovários de Angelina Jolie é opção recomendada por especialistas

Desde cedo, Shiloh escolhia as roupas dos irmãos para vestir, além de sempre preferir brincar com os meninos. Características comuns para uma “tomboy” (termo em inglês utilizado para meninas mais pivetes), como sugeria Brad aos amigos, segundo a fonte do site, que disse que o ator acreditava que a menina “superaria” a fase e que isto acontecia por influência dos irmãos de Shiloh. Até que ela começou a pedir que lhe chamassem por John, quando eles resolveram buscar aconselhamento profissional.

– Depois de procurar aconselhamento profissional sobre como ajudar Shiloh, Brad e Angelina foram orientados a deixar que ela se vestisse como quisesse – disse a fonte.

EXCLUSIVE:  Angelina Jolie Takes Shiloh and Zahara on Girls Day Out

Ainda segundo a pessoa que forneceu as informações, o casal tem feito todo o possível para protegê-la de ser intimidada por outras pessoas.

– Eles também têm definido suavemente o tom para como os seus outros cinco filhos interagir com Shiloh.

A fonte ainda disse que para o casal, Maddox, 14 anos, é velho o suficiente para ajudar os irmãos mais novos entender com  que Shiloh está lidando. Angelina estaria aceitando muito bem as opções de Shiloh, assim como Brad, segundo a fonte.

– Brad e Angelina são pais muito amorosos.

E você: o que acha da atitude de Angelina e Pitt?

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna