Aos 51 anos, Ingra Lyberato posa nua para projeto sobre autoaceitação

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Ingra Lyberato é a mais nova participante do Projeto Pele Project, sobre igualdade e autoaceitação. A atriz, que está prestes a completar 52 anos, compartilhou nesta terça-feira, 4, uma foto em seu Instagram em que aparece nua.

“Você se veste de você mesmo com a sua personalidade, porque por baixo da roupa, somos todos PELE”, legendou.

Além dela, outras famosas já fizeram parte do projeto, como as atrizes Agatha Moreira, Flávia Alessandra, Bianca Rinaldi, Juliana Caldas, Roberta Rodrigues, Paloma Bernardi e a apresentadora Sabrina Sato.

O lúdico da PELE @peleproject #peleproject

Uma publicação compartilhada por PELE Project (@peleproject) em

SENTIDO da PELE @peleproject #peleproject

Uma publicação compartilhada por PELE Project (@peleproject) em

POESIA da PELE @peleproject #peleproject porque por baixo da roupa somos todos poesia.

Uma publicação compartilhada por PELE Project (@peleproject) em

Um #REPOST do texto lindo da @juzinha.caldas sobre ser “diferente” ・・・ • O diferente não é ruim, ele só não é igual.• . . . . Saber olhar o diferente não é só uma questão de tamanhos, quilos, cor, etnias, etc… Saber olhar o diferente é escolher ser uma pessoa melhor independente de sua estrutura. Sempre fui diferente de todos, mesmo daqueles que tem a mesma altura que eu, e mesmo assim sempre fui diferente, tipo, nunca fui de usar aquela blusa da moda, quando ela estava na moda e todos usavam… eu não mesmo gostando dela… eu usava ela quando a moda passava e todos deixavam essa blusa de lado. Isso é um modo de ser “diferente”. Por ser diferente nunca julguei a capacidade de ninguém. Um exemplo muito simples que me fez aprender isso foi minha mãe, quando eu falava que não gostava de alguma comida ela me perguntava “Já experimentou?” E ela fazia experimentar, e aí essa comida virava a minha favorita. Com isso aprendi não julgar antes de conhecer. Ser o diferente faz de alguma forma as outras pessoas serem diferentes. Ser o diferente faz as pessoas saírem da sua zona de conforto pra conviver e aprender com nós, “os diferentes” e eu amo isso. Amo ser diferente, ensinar coisas, vivências, ensinar um outro tipo de olhar. Poder fazer as pessoas se colocarem no lugar do outro e pensarem, isso é maravilhoso. Ser diferente chama a atenção e já que eu tenho essa atenção pra mim, passarei pra frente o normal do diferente. 💚 #muitoamor 📸 @brunnorangel @ma.feitosa

Uma publicação compartilhada por PELE Project (@peleproject) em

A FORÇA da PELE @peleproject #peleproject 🌹🖤

Uma publicação compartilhada por PELE Project (@peleproject) em

A sutileza delicada da PELE @peleproject #peleproject

Uma publicação compartilhada por PELE Project (@peleproject) em

bom dia PELE 🌷 @sabrinasato #peleproject

Uma publicação compartilhada por PELE Project (@peleproject) em

Leia mais:
:: Mulher não é rival! As “Inimigas Íntimas” Ingra Lyberato e Fernanda Carvalho Leite falam sobre amizade entre mulheres

Leia mais
Comente

Hot no Donna