Após polêmica nas redes, Sandy fala sobre o filho brincar de boneca: “Não existe brinquedo de menina e menino”

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

A cantora Sandy sempre foi muito reservada sobre o filho Theo, de quatro anos, mas, recentemente, acabou envolvida em uma polêmica que começou logo depois que o marido Lucas Lima postou uma imagem em sua conta do Instagram. Na foto, é possível ver os pés do músico perto de um pequeno par de sapatos – de Theo – e de uma miniatura da boneca Elsa, personagem do filme Frozen.

Na legenda, o baixista comentou sobre os gostos do filho na hora de brincar: “Toda vez que eu vou tomar café da manhã e esbarro com um tênis desses e uma Elsa aleatória no chão, eu lembro do quão ridiculamente abençoado eu sou”, escreveu.

Muitos seguidores criticaram Sandy e Lucas por deixarem o menino brincar com uma boneca. Em uma entrevista ao blog do Amaury Jr, a cantora se posicionou sobre os comentários maldosos na foto.

– Não imaginamos que pudessem ter tantas reações, como isso fosse uma grande coisa (a gente permitir que nosso filho brinque com uma boneca), sabe? E, se quiser saber mais a fundo, se ele fosse ou virasse gay, não teria nenhum problema com isso também. Somos todos iguais, todos irmãos.

Veja mais:
:: Jurada do “SuperStar” e com novo DVD, Sandy conta como a maternidade a transformou
:: Igualdade de gênero: movimento estimula escolas e pais a educar os meninos para não serem machistas

Além disso, a cantora também falou sobre a separação de brinquedos infantis por gênero.

– Ele brinca com bonecas, bonecos, carrinhos, bola. A gente não coloca nenhuma restrição. Na nossa concepção, não existe isso de brinquedo de menina e menino. A gente está criando ele para não ser uma pessoa machista, sexista e preconceituosa.

Depois da entrevista, vários seguidores continuaram comentando na foto. “Preguiça desse povo sem noção… o filho é deles e eles educam como querem. Parabéns Lucas, te admiro ainda mais!”, comentou um fã.

Mas há, também, quem se mostrou frustrado com a posição da Sandy:

“Decepcionada com suas palavras no blog do Amaury, não esperava essa postura, fica claro que vocês são a favor da igualdade de gênero, que pena”, escreveu uma usuária da rede social.

Veja mais
:: Brasil levará 95 anos para alcançar igualdade de gênero

:: Igualdade de gênero, aborto, feminicídio: o que têm a dizer as mulheres à frente das associações de juízes do Rio Grande do Sul
:: Presidente do júri de Cannes, Cate Blanchett dá seu recado sobre igualdade de gênero no cinema

 

 

Leia mais
Comente

Hot no Donna