Até quando? Claire Foy, estrela da série “The Crown”, ganhou menos do que coadjuvante homem. Veja mais casos!

Foto: Divulgação/Netflix
Foto: Divulgação/Netflix

A atriz Claire Foy, protagonista da série “The Crown, recebeu uma remuneração menor por seu trabalho em relação aMatt Smith, que viveu o príncipe Philip na série transmitida pela Netflix. Vencedora do Globo de Ouro de Melhor Atriz em Série Dramática em 2017, ela participou das duas primeiras temporadas do drama histórico.

Durante uma conferência em Israel nesta terça-feira (13), os produtores da série revelaram que a atriz teve uma remuneração menor na primeira temporada porque era menos conhecida do que o colega, que havia estrelado “Doctor Who. Sobre a segunda temporada não houve uma explicação.

Suzanne Mackie, diretora criativa da série, afirmou que essa disparidade não deve continuar na próxima temporada, quando a atriz Olivia Colman assume o papel, após uma passagem de tempo na série. “A partir de agora, ninguém ganha mais do que a rainha”, disse.

Não é a primeira vez

1. Robin Wright ganhava menos que Kevin Spacey em House of Cards

O mesmo caso ocorreu na série House of Cards, também da Netflix, em 2017. A protagonista da série, Robin Wright, intérprete da personagem Claire Underwood não recebia o mesmo salário que o ex-colega Kevin Spacey.

Foto: Reprodução/Netflix

Foto: Reprodução/Netflix

A atriz se pronunciou sobre o caso na época em que se falou sobre seus salários:

– Estive olhando as estatísticas e a personagem Claire Underwood foi mais popular do que Frank por um período de tempo, e pensei em capitalizar isso. Então, eu disse a eles: ‘é melhor vocês me pagarem melhor, ou eu vou a público. Então, eles aceitaram.

Kevin Spacey recebia US$ 500 mil por episódio, enquanto Robin ganharia aproximadamente US$ 420 mil por episódio.

2. Ellen Pompeo ganhava menos que Patrick Dempsey em “Grey’s Anatomy”

Em Grey’s Anatomy, a protagonista Ellen Pompeo se impôs para mudar esse cenário dentro da série. Em uma entrevista para The Hollywood Reporter, a atriz revelou que durante anos recebeu menos que Patrick Dempsey, o coprotagonista de Grey’s e que competição e a rivalidade foram constantes entre eles.

Foto: AFP

Foto: AFP

– Para mim, a saída de Patrick da série (em 2015) foi um momento decisivo. Sempre o podiam usar como uma influência contra mim. ‘Não precisamos de você. Temos ele’. E fizeram isso durante anos. Não sei se também fizeram o mesmo com ele porque nunca conversamos sobre nossos acordos.

Ela conta ainda que chegou a pedir 5.000 dólares (o equivalente a R$ 16.500 reais) a mais do que Patrick Dempsey, por ser ela a protagonista, e não lhe deram.

– Poderia ter ido embora, por que não fiz isso? É minha série, sou a número um. Estou certa de que senti o mesmo que muitas outras atrizes: por que deveria deixar um grande papel por causa de um cara? Você sente esse conflito, e depois conclui: ‘Não vou deixar que um homem me tire de minha própria casa

3. Mark Wahlberg ganhou 1500 vezes o que Michelle Williams recebeu

Foto: AFP

Foto: AFP

O caso de disparidade salarial se repetiu na gravação do filme Todo o Dinheiro do Mundo, entre Mark Wahlberg e Michelle Williams. Em função dos acordos serem em termos diferentes para a refilmagem, o cachê do ator para regravação de cenas – Kevin Spacey foi substituido por Wahlberg após o início das gravações – foi 1500 vezes o de Michelle Williams. Mark recebeu US$ 1.5 milhão, e Michele apenas US$ 1 mil. A situação pegou muito mal e gerou comoção em Hollywood. Dada a repercussão negativa, Wahlberg doou seu cachê ao fundo colaborativo do Time’s Up.

4. Patricia Arquette falou sobre o assunto no Oscar

Foto: AFP

Foto: AFP

Patricia Arquette ao ganhar o Oscar de melhor atriz coadjuvante pela atuação em Boyhood, fez um apelo por igualdade de salários no cinema:

(Dedico) a toda mulher que já deu à luz, todo cidadão que paga impostos, nós lutamos pelos direitos de todo mundo. É nossa vez de ter salários igualitários para todos e direitos iguais para as mulheres nos Estados Unidos.

Leia mais:
:: Diferença entre salários de homens e mulheres: precisamos falar (ainda mais) sobre isso
:: Igualdade de salários entre homens e mulheres pode demorar 217 anos
:: Quanto mais a mulher estuda, mais perde na diferença salarial
:Joias da realeza: Kate Middleton pega emprestado colar da rainha Elizabeth

Leia mais
Comente

Hot no Donna