Atriz Lupita Nyong’o fala sobre preconceito com cabelo crespo: “É visto como incivilizado ou selvagem”

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Vencedora do Oscar, com mais de dez filmes no currículo, eleita mulher mais bonita do mundo pela revista People e… discriminada por ter cabelos crespos. Lupita Nyong’o falou sobre o assunto em entrevista à Revista Porter. A atriz é a capa da edição de setembro da publicação.

“Meu cabelo, historicamente, tem sido evitado. Quero dizer, com que frequência você ouve: ‘Você não vai conseguir emprego com um cabelo assim’?”, questionou a atriz de 35 anos, em entrevista à revista.

“Natural, africano, o cabelo crespo – muitas vezes é visto como incivilizado ou selvagem”, completou Lupita.

Ela lembrou um episódio envolvendo a revista inglesa Grazia. No ano passado, a atriz fez um post em seu perfil no Twitter criticando a publicação por ter alterado seu cabelo na imagem de capa.

“Estou desapontada que @GraziaUK me convidou para ser capa e, em seguida, editou meu cabelo para caber em sua noção de como um cabelo bonito parece”, escreveu. Ela usou a hashtag #dtmh, que significa “don’t touch my hair” (“não toque no meu cabelo”, na tradução), frase que ficou famosa com Solange Knowles. A revista Grazia se desculpou.

“Ser capa de uma revista me saisfaz, pois é uma oportunidade de mostrar a outras pessoas negras, de cabelos crespos e particularmente nossos filhos, que eles são lindos do jeito que são”, afirmou Lupita na época.

 

Leia mais:
::  Com Lupita Nyong’o, Whoopi Goldberg e RuPaul, calendário Pirelli 2018 apresenta apenas modelos negros
:: Atriz vencedora do Oscar, Lupita Nyong’o faz homenagem a ex-Globeleza Nayara Justino
:: Mais um para Lupita Nyong’o: atriz é eleita Mulher do Ano 2014

Leia mais
Comente

Hot no Donna