“Chega de beijo gay, viva o beijo natural”, defende Tarcísio Lara Puiati, autor de novelas da Globo

Por Tarcísio Lara Puiati

Nesta segunda-feira à noite, um casal vai se beijar na novela das 9. Grande coisa! Os casais se beijam desde as radionovelas, depois na televisão ao vivo, no videotape e agora se beijam em HD. O interesse especial no beijo dessa noite está no fato de ser o primeiro beijo lésbico numa novela da Rede Globo. Beijo que será protagonizado por Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Muller) na novela Em Família, de Manoel Carlos.

Não há regra para os beijos nas novelas. O que importa é que estamos sempre torcendo por eles, assim como torcemos pelos nossos próprios beijos. Na novela, como na vida, os beijos são consequência do desejo, do amor, da necessidade ou do acaso. Os sapatos de Clara e Marina já se roçaram em cena, mas ainda não vimos os beijos de amor que elas trocaram. Clara é a dona de casa que saiu de um casamento com Cadu (Reynaldo Gianecchini) para viver o amor por Marina, sua amiga fotógrafa. É Manoel Carlos nos dizendo o que a gente adora ouvir: o amor pode transformar nossa vida, mudar nossos planos e virar a gente do avesso. Viva o amor! O primeiro beijo de Clara e Marina em cena tem um sabor especial: Marina pede Clara em casamento. E dá-lhe Tânia Mara cantando Só Vejo Você. De arrepiar os pelos da nuca! E o beijo acontece.

00a2146d

Desde a primeira troca de olhares, não dá pra negar a química entre Clara e Marina. Ela é o resultado do talento e do carisma de Giovanna e Tainá, que interpretam suas personagens com extrema paixão. Giovanna, mais experiente em novelas, é a rainha no quesito “roubar a cena”. Nem a franja juvenil dos primeiros capítulos conseguiu ofuscar seu brilho. Tainá exala segurança e sensualidade. É um furacão.

Há uma torcida por Clarina, como o casal é chamado pelos fãs. Mas não como a que vimos pelo beijo de Felix (Mateus Solano) e Nico (Thiago Fragoso) em Amor à Vida, de Walcyr Carrasco. Não há uma torcida fervorosa pelo beijo de Clara e Marina porque não precisamos mais torcer por uma cena de beijo entre pessoas do mesmo sexo numa novela. O respeito à diversidade já é uma pauta frequente em nossa mídia. E a televisão brasileira mostrou que está a caminho de tornar natural, como é na vida, o beijo gay. Assim como os casais gays das novelas já não precisam ter caráter ilibado e politicamente correto.

beijofelix
O beijo gay não choca mais. Não há rejeição nem do público nem da crítica. Então, vamos acabar com o beijo gay nas novelas! E viva o beijo natural, seja ele protagonizado por personagens homo ou heterossexuais. O beijo que não rende manchete, só dá tesão ou não, com toda a troca de fluidos e bactérias, de expectativas e frustrações, de chegadas e partidas, e, claro, de amor rasgado. Que de amor rasgado é feita a vida. E as nossas novelas.

00a15447


Tarcísio Lara Puiati
, autor da Rede Globo de Televisão, colaborou na novela O Astro, de Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro, baseada na obra de Janete Clair, premiada como Melhor Telenovela no Emmy Internacional 2012. Atualmente, colabora com a novela Lady Marizete, de Alcides Nogueira e Mario Teixeira, com estreia em 2015.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna