Criador do Facebook, Mark Zuckerberg anuncia que será pai

Fundador do Facebook, Mark Zuckerberg anunciou nesta sexta-feira que será pai de uma menina. O comunicado veio, claro, através da rede social que ele criou em 2004, e hoje é considerada a maior do mundo.

— Este será um novo capítulo nas nossas vidas. Já somos felizes por ter tido a oportunidade de tocar a vida das pessoas – Cilla [Priscilla Chan, esposa de Mark] como médica e educadora, e eu através dessa comunidade e da filantropia. Agora vamos nos concentrar em fazer do mundo um lugar melhor para o nosso bebê e a próxima geração — escreveu em seu perfil.

Veja também
:: 31 anos de Mark Zuckerberg: o que podemos aprender com ele?

Na publicação, Mark ainda contou que o casal tentava engravidar há dois anos e que, neste período, a mulher havia sofrido três abortos espontâneos.

—  A maioria das pessoas não discute abortos porque se preocupa com o fato de que os problemas podem distanciá-lo ou fazerem refletir sobre si – como se você tivesse um defeito ou tivesse feito alguma coisa para causar isso. Então você luta por conta própria — disse o futuro papai para seus mais de 33 milhões de seguidores.

Mark e Priscilla se conheceram na fila do banheiro em uma festa da fraternidade Alpha Epsilon Pi, em Harvard, no ano de 2003. Depois de nove anos de relacionamento, eles se casaram em 2012, com uma cerimônia para apenas 100 convidados.

Para o anúncio, o executivo divulgou uma nova foto em que Priscilla aparece com a barriguinha de grávida já aparente – e, com eles, o cachorro do casal, chamado “Beast”.

11828601_10102276573729791_8601461459613782125_n

Veja o post completo de Mark: 

Priscilla e eu temos uma notícia emocionante: nós estamos esperando uma menininha! 

Este será um novo capítulo em nossas vidas. Já nos sentimos muito gratos por ter a oportunidade de tocar a vida das pessoas ao redor do mundo – Cilla como médica e educadora, e eu através desta comunidade e da filantropia. Agora vamos nos concentrar em fazer do mundo um lugar melhor para o nosso filho e a próxima geração.

Queremos compartilhar uma experiência para começar. Estávamos tentando ter um filho há uns dois de anos e tivemos três abortos ao longo do caminho.

Você se sente tão esperançoso quando descobre que vai ter um filho. Você começa a imaginar quem ele se tornará e sonha com esperanças para o seu futuro. Você começa a fazer planos, e então eles se vão. É uma experiência solitária. A maioria das pessoas não discute abortos porque se preocupa com o fato de que os problemas podem distanciá-lo ou fazerem refletir sobre si – como se você tivesse um defeito ou tivesse feito alguma coisa para causar isso. Então você luta por conta própria.

No mundo aberto e conectado de hoje, discutir estas questões não nos distancia, mas nos une. Cria compreensão e tolerância e nos dá esperança.

Quando começamos a falar com os nossos amigos, percebemos com que frequência isso acontece – e soubemos que muitas pessoas conhecidas tiveram problemas semelhantes e que quase todos tinham filhos saudáveis ​​depois de tudo.

Esperamos que compartilhar nossa experiência dê a mais pessoas a mesma esperança, sentimos que isso vai ajudar mais pessoas a se sentirem confortáveis ​​compartilhando suas histórias também.

A boa notícia é que a nossa gravidez agora está longa o suficiente para que o risco de perda seja baixo, e estamos muito esperançosos. Cilla e nossa filha estão saudáveis, estou extremamente animado para conhecê-la e nosso cão Beast não tem ideia do que está por vir. Em nosso ultrassom, ela até fez um gesto com um polegar para cima com a mão, então, já estou convencido de que ela vai ser como eu.

Estamos ansiosos para recebê-la no mundo e compartilhar, em breve, quando ela estiver pronta para sair e conhecer a todos!

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna