Feliz 40, Leonardo DiCaprio! Os tipos de homens que o galã interpretou – e toda mulher já se apaixonou

Quando a gente olhou para o calendário de datas comemorativas da redação de Donna e se deu conta que nesta terça-feira é o aniversário de quarenta anos de Leonardo DiCaprio, a reação veio em uníssono:

– Mas já? E tudo isso?

Parece que foi ontem que saímos do cinema com os olhos inchados após ver Titanic, mas, só da estreia do filme de maior sucesso do ator já se vão 17 anos. De lá para cá, a carreira de 25 anos nas telonas já rendeu longas dirigidos por cineastas como Martin Scorsese, Steven Spielberg, James Cameron, Quentin Tarantino, Clint Eastwood e Baz Luhrmann.

Quer mais? O loiro de instigantes olhos azuis ainda acumula quatro indicações ao Oscar, mas infelizmente ainda não levou a estatueta para casa. Com este currículo de dar inveja a qualquer ator iniciante – e até aqueles nem tanto assim -, não é de se admirar que Leo acumule vários personagens que a gente ama – e se identifica. Listamos os principais tipos de homens que o moçoilo interpretou – e que todas nós já nos apaixonamos uma vez na vida. Espia só:

O romântico

Atire a primeira pedra – ou balde de pipoca – quem não derramou uma lágrima sequer ao ver o apaixonado Jack, de Titanic, morrer aos pouquinhos ao lado da amada Rose. Nem esboçou o mínimo movimento para levantar o braço, não é? É que uma dose de pieguismo não faz mal a ninguém, a gente sabe.

giphy (2)

Mas ele não era o romântico clichê, que te manda carro de som com as trilhas de Love Songs no dia do seu aniversário. É aquele cara que sim, é fofo (termo que eles odeiam, estamos conscientes!), mas não é grudento. Jack na época do WhatsApp provavelmente não te mandaria mensagem de bom dia / bom lanche da manhã / almoço feliz, porém lembraria de você no meio do dia ao ouvir na playlist do Spotify, por acaso, aquela música breguinha que os dois amam. E, claro, ia te lembrar sempre que só você mesma pode se salvar dos problemas do dia a dia.

 

O aventureiro

Desde o início, você sabe que não vai dar em nada. Talvez o affair não chegue ao próximo final de semana – muito menos ao aniversário de 80 anos da sua avó no final do mês. Mas você é de carne e osso, e ele ainda tem aqueles olhos azuis… Já viu tudo, não é? Ele é a personificação do charmoso vigarista Frank Abagnale, de Prenda-me Se For Capaz.

giphy (3)

No longa, DiCaprio se passa por piloto de avião, médico, advogado e professor para ganhar mais de 2,5 milhões de dólares em fraudes bancárias. Enquanto na ficção ele só queria grana – e conseguia tudo se aproveitando de seu belo e aparentemente inocente rostinho -, na vida real ele quer mais é se divertir, e não necessariamente só com você. Quer aprender, de uma vez por todas, a praticar o desapego afetivo? Eis o moço ideal.

 

O sonhador

Desde aquele primeiro chopp no bar, ele não para de contar seus planos de “dominar o mundo”. Na verdade, no segundo encontro o moçoilo já havia mudado a estratégia umas três vezes. Ele bem que poderia ser da mesma turma do milionário Howard Hughes, empresário tradicional que decide dar vazão a seus sonhos artísticos e dirige o filme mais caro da época, Hells Angels.

giphy (4)

Ok, o rapaz pode até não ser tão ambicioso do bem quanto o personagem de DiCaprio em O Aviador, mas o brilho no olho é o mesmo de todo e qualquer sonhador que se preze. E quem não ama reconhecer?

 

O gente boa

Ele é aquele cara que você vai namorar por anos e, talvez, trocar alianças ou dividir o apartamento. Todos os seus amigos o adoram, e você fica até com uma pontinha de ciúmes porque parece que eles gostam mais do carinha do que de você – mas, claro, o sentimento é mesclado com aquela satisfação de “escolhi bem, eu sei!”.

giphy (5)

Ele é como o personagem de Leo em Foi Apenas um Sonho, em que o loiro faz par romântico novamente com Kate Winslet. O casal é aquele típico boa praça do subúrbio, que é convidado para absolutamente todos os churrascos dos vizinhos. O filme tem uma reviravolta, claro, mas Frank é o sujeito boa praça que muitas de nós adoraríamos ter – já temos ou já tivemos – ao lado.

Leia mais
Comente

Hot no Donna