Fernanda Gentil ironiza proibição de carinho gay na Rússia: “Eu tô bem menininha”

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Fernanda Gentil é uma das correspondentes do Brasil na Copa do Mundo da Rússia. Nesta quarta-feira, 13, a jornalista ironizou uma lei do país sede: a proibição de carinhos públicos entre pessoas do mesmo sexo.

Em uma entrada ao vivo no Encontro com Fátima Bernardes, Fernanda, que assumiu seu relacionamento com a também jornalista Priscila Montandon em 2016, brincou:

– Na teoria, há essa restrição de várias questões, mas na prática, durante a Copa principalmente, a gente vai vendo no dia a dia. O importante é chegarmos orientados. Eu, por exemplo, tô aqui bem na atividade, eu tô bem menininha.

Foto: Reprodução/Rede Globo

Foto: Reprodução/Rede Globo

A jornalista leu a regra do país, que proíbe “propaganda de orientação sexual não tradicional para menores de idade”. A multa para quem for flagrado é de R$ 4.100,00.

– Como cidadão, a gente obviamente tem o direito de questionar, como várias regras e leis no Brasil a gente faz, mas como cidadão também a gente tem a obrigação de cumprir, a não ser que queira pagar e, nesse caso, há uma pena – disse Fernanda.

Leia mais:
:: Fernanda Gentil fala sobre machismo nos estádios de futebol: “Se perdem, te chamam de piranha”
:: Pedido de homenagem em post de Fernanda Gentil viraliza e centenas parabenizam casal de gaúchas
:: Entrevista: “Estou bem e estou feliz, é o que importa”, diz Fernanda Gentil

Leia mais
Comente

Hot no Donna