Ieda, a participante mais velha do Big Brother Brasil, discursa sobre envelhecer e emociona colegas

Crédito: Globo/Artur Meninea
Crédito: Globo/Artur Meninea

Ieda Wobeto, de 70 anos, é a participante mais velha de todas as edições do Big Brother Brasil. Aposentada, a moradora de Canoas contraria o estereótipo de “idosa” e, na noite de terça-feira, fez um discurso emocionante sobre envelhecer.

“Quando você chega ao final da vida e não tem um pouquinho de loucura, é triste”, disse em conversa com os participantes Vivian, Roberta e Pedro. A sister, que já foi Miss Canoas, em 1964, levou os colegas às lágrimas.

Confira o vídeo

– Vim aqui para mostrar para algumas pessoas mais velhas o quanto que elas podem fazer ainda por elas mesmas. Não se acomodarem, não ficarem só cuidando de neto ou limpando casa para os filhos, muitas vezes os filhos fazem as mães de escravas. E que elas podem, sim, ter uma vida agradável ainda – explicou Ieda, deixando claro um dos motivos pelos quais entrou no programa.

E não foram só os participantes que se emocionaram. Depois do discurso, o Twitter foi às lágrimas junto com o trio:

Além das palavras inspiradoras, Ieda, em um momento de descontração com os colegas, pediu que eles parem de chamá-la de “Mama”, apelido recebido por ser a mais velha da casa. “Vamos me chamar de Ieda a partir de hoje. Meu nome é Ieda. Tenho 70 anos, querida. Mama dá a impressão que tem certo cuidado desnecessário. Meu nome é Ieda. Tá bom?”.

Crédito: Globo/Paulo Belote

Crédito: Globo/Paulo Belote

O discurso

“Eu não tenho mais ninguém acima de mim, eu só tenho responsabilidades. E vocês vão entender quando ficarem mais velhos, que a gente nunca deixa de ser criança. Nunca. Por isso, muitas vezes, eu digo que vim aqui para mostrar para algumas pessoas mais velhas o quanto que elas podem fazer ainda por elas mesmas. Não se acomodarem, não ficarem só cuidando de neto ou limpando casa para os filhos, muitas vezes os filhos fazem as mães de escravas. E que elas podem, sim, ter uma vida agradável ainda. Compra um batom, corta o cabelo, muda a cor do cabelo, encontra uma amiga, compre uma garrafa de vinho. Bote o batom e beba o vinho, então olhe na taça a sua boca ali, no cálice. E vai lembrar de coisas que ela já passou. E vai viver isso, com sua amiga. Vai ao cinema, não para, continua sempre achando que a vida vai longe ainda, embora ela já esteja ali.”

Confira o vídeo de apresentação da participante

Leia mais
:: Kate Mara não tem medo de envelhecer: “Mulheres mais velhas estão fazendo coisas mais interessantes”
:: Courteney Cox, a Monica de “Friends”, se arrepende de procedimentos estéticos: “Envelhecer não é fácil”
:: Como nós encaramos a velhice? 90% dos brasileiros têm receio de envelhecer, aponta pesquisa

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna