Indiana que teve o rosto desfigurado irá desfilar na semana de moda de Nova York

Reprodução Make Love Not Scars
Reprodução Make Love Not Scars

Há dois anos, a indiana Reshma Qureshi sobreviveu a um ataque de ácido feito pelo cunhado, que  havia sido denunciado por assédio. Como consequência, teve o rosto desfigurado. Agora, ela vai viajar até Nova York para participar da semana de Moda, como forma de inspirar outras mulheres que passaram pelo mesmo tipo de sofrimento. A ida para os Estados Unidos será a primeira vez em que ela viaja para o exterior.

Após o ataque, Reshma chegou até a pensar em suicídio, mas recebeu o apoio da ONG Make Love Not Scars. Ela foi estrela de uma campanha da organização, a End Acid Sale, que busca proibir a comercialização de ácido na Índia. Nos vídeos e imagens do projeto ela aparece dando dicas de maquiagem.

reshma

A India é conhecida pelo alto número de assédios a mulheres. Recentemente, um kit que recomendava as mulheres turistas a usaram saia para evitar estupros causou polêmica nas redes sociais.

Assista aos vídeos:

Leia também
:: Luiza Brunet manda mensagem para vítimas de agressão: “Violência não é só furar um olho”
:: Entrevista! Gaúcha Naura Schneider estrela o filme “Vidas Partidas”, um retrato da violência contra a mulher
:: Atrizes do seriado Girls fazem vídeo para apoiar vítimas de violência sexual

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna