Jennifer Lawrence fala pela primeira vez sobre o vazamento de fotos sensuais

Foto de Patrick Demarchelier para o ensaio de Jennifer na Vanity Fair
Foto de Patrick Demarchelier para o ensaio de Jennifer na Vanity Fair

A atriz Jennifer Lawrence estampa a capa da próxima edição da revista americana Vanity Fair e fala, pela primeira vez, sobre o vazamento de suas fotos nua. Aos 24 anos, a estrela dos filmes Jogos Vorazes viu sua intimidade ser exposta ao mundo com a publicação de diversas imagens que seriam endereçadas ao namorado.

Capa Vanity Fair Jlaw

“Não foi um escândalo, foi um crime sexual”, afirmou ao repórter da publicação. Além da péssima surpresa, Jennifer ainda temeu que o fato arranhasse sua carreira, o que não aconteceu e ela continua sendo uma das maiores e mais adoradas atrizes da nova geração hollywoodiana.

Ela chegou a iniciar uma carta de pedido de desculpa, mas percebeu que não tinha culpa em nenhuma parte do ocorrido. “Eu estava há quatro anos em uma relação ótima, repleta de amor e segurança. Estávamos longe e, quando a situação é assim, ou seu namorado busca por conteúdos pornôs, ou ele olha para você”.

:: UNFappening: artistas vestem famosas nuas com ilustrações
:: Cameron Diaz de bem com a vida, o corpo e a (não) maternidade

Além de classificar a divulgação como crime sexual, a atriz repreendeu quem visualizou o conteúdo: “Qualquer um que viu aquelas fotos estava perpetuando uma ofensa sexual. Todos deveriam estar cobertos de vergonha. Até pessoas que eu conheço me disseram que viram o conteúdo. Eu não queria ficar brava, mas pensava apenas que não tinha autorizado ninguém a ver meu corpo nú”.

Cansada de tentar explicar a situação, Jennifer apenas se recusa a aceitar que pessoas com esta índole estejam impunes e sigam violentando mulheres na internet. “É nojento. A lei precisa ser revista e as pessoas precisam mudar o pensamento de que tudo está liberado na internet”.

O making of do ensaio você confere no vídeo abaixo:

Leia mais
Comente

Hot no Donna