Luiza Brunet fala sobre as agressões que sofreu e alerta: “As mulheres acreditam que talvez a culpa seja delas”

Foto: Globo, divulgação
Foto: Globo, divulgação

A ex-modelo Luiza Brunet, de 55 anos, foi uma das convidadas do programa Altas Horas, da rede Globo, transmitido na noite do último sábado. Ela que, em julho do ano passado, denunciou o ex-marido, o empresário Lirio Parisotto, de 63 anos, por três episódios de agressão, falou sobre a relação e as atitudes violentas.

– Todo o relacionamento, quando começa, ele começa como um conto de fadas para nós mulheres – comentou Luiza, ao lado da também convidada Maria da Penha, farmacêutica que ficou paraplégica após agressões do ex-marido e que dá nome à lei de proteção às mulheres, que hoje completa 11 anos em vigor.

No ano passado, Luiza compartilhou a foto de seu olho machucado | Foto: reprodução

No ano passado, Luiza compartilhou a foto de seu olho machucado | Foto: reprodução

Luiza também alertou quem estava na plateia: – A coisa vai acontecendo de uma forma que você não espera que chegue a uma agressão física, como eu sofri em maio do ano passado. Você tem que ficar atenta aos sinais – e comentou sobre a facilidade que as mulheres têm em perdoar atitudes graves:

– Elas acreditam que tenha sido só um mau momento, que talvez você tenha tido culpa, que não vai se repetir… e isso vai em uma crescente. O homem, quando agride uma mulher, ele agride aos pouquinhos. Não só a agressão física, tem a agressão verbal também.

Leia mais
:: 503 casos por hora: a violência contra mulheres no Brasil
:: #ÉRelacionamentoAbusivoQuando: mulheres usam hashtag para explicar o que é violência psicológica
:: Luiza Brunet manda mensagem para vítimas de agressão: “Violência não é só furar um olho”

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna