Após caso de agressão, Luiza Brunet relembra 10 anos da Lei Maria da Penha: “Que mais mulheres possam ter justiça no nosso país”

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

A Lei Maria da Penha comemorou dez anos de sua criação no último domingo. A data é marcante para as mulheres brasileiras que, com a lei, ganharam amparo legal para lutar contra relacionamentos abusivos e violentos. Uma, em especial, é a modelo Luiza Brunet, que no inicio de julho denunciou seu ex-namorado, o empresário Lírio Parisotto, por agressão física.

Em curto vídeo no Instagram, Luiza relembra a data e pede “coragem pra mudar”.

— Bom dia! Que mais mulheres possam ter justiça no nosso país — pediu a modelo. Assista ao vídeo:

Dia especial . #10AnosLeiMariaDaPenha #CoragemPraMudar #institutoavon @institutomariadapenha

Um vídeo publicado por Luiza Brunet ❤️? (@luizabrunet) em

Já faz algum tempo que Luiza tem se mostrado engajada nas redes sociais. A modelo também é embaixadora do Instituto Avon, que promove o combate à violência doméstica, entre outros projetos.

:: Entrevista! Gaúcha Naura Schneider estrela o filme “Vidas Partidas”, um retrato da violência contra a mulher
:: Entrevista! Blogueira Luiza Brasil fala sobre ativismo e as pautas do feminismo negro
:: Delicadeza, sororidade e ativismo se encontram em aulas de bordado empoderado

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna