Miss Brasil retorna ao Estado só depois do Miss Universo

Por Caue Fonseca, especial*

Quando os gaúchos tiverem a oportunidade de cumprimentar a conterrânea Marthina Brandt pelo título de Miss Brasil, pode ser que uma nova coroa já repouse sobre a sua cabeça. Não há previsão de que a soberana retorne ao Rio Grande do Sul tão cedo, e o motivo disso é a correria para o Miss Universo.

:: Marthina Brandt fala sobre a vitória no Miss Brasil e preparação para o Miss Universo
:: Especialistas explicam por que o Rio Grande do Sul é recordista no Miss Brasil

Depois de reservar a quinta-feira para compromissos com a imprensa, Marthina começou a se envolver nesta sexta-feira com os preparativos para enfrentar as misses do resto do mundo. A manhã foi reservada para as primeiras provas de vestidos. À tarde, uma reunião definiria o cronograma até a disputa nos Estados Unidos. Entre patrocinadores, assessores e estilistas, uma equipe superior a 15 pessoas acompanha a miss.

Para toda a preparação do Miss Universo, Marthina conta com apenas 10 dias. Depois disso, embarca para Las Vegas (EUA), onde ficará inteiramente à disposição do concurso realizado no próximo dia 20 de dezembro.

Três países ainda não definiram suas finalistas: Honduras e Tanzânia, que realizam seus concursos nacionais nesta sexta-feira, e Irlanda, que define candidata no próximo dia 27. Outras 76 candidatas já estão definidas. Elas disputam a coroa que em 2014 ficou com a colombiana Paulina Vega. A cearense Melissa Gurgel ficou entre as 15 finalistas.

Natural de Vale Real, no Vale do Rio Caí, Marthina se tornou, na quarta-feira passada, a 15ª gaúcha a ser coroada Miss Brasil. Em segundo lugar, com oito representantes, há um empate entre São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Confira as 15 gaúchas que já foram coroadas como Miss Brasil:

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna