Raissa Santana pode ficar fora da disputa do Miss Universo por acusação de fraude no Miss Brasil 2015

Foto: Divulgação, Be Emotion
Foto: Divulgação, Be Emotion

A participação da Miss Brasil Raissa Santana, do Paraná, no concurso de beleza Miss Universo 2017 pode estar comprometida. O motivo é uma ação judicial movida há dois anos por Camila Dias Mol, uma das candidatas do Miss Sergipe 2015, contra a organização do concurso.

Segundo ela e o namorado, Bruno Azevedo, David Barbosa, coordenador do evento em Sergipe, teria oferecido uma negociação no valor de R$ 10 mil para que a participante saísse com a coroa. Quem responde à ação é a Bandeirantes, então detentora dos direitos da marca Miss Brasil. Na época, a edição e os resultados do concurso foram cancelados e uma nova disputa foi realizada no Estado.

Raissa Santana site

Raissa Santana ao ser coroada Miss Brasil 2016

A ação, movida em território nacional, teria chegado ao conhecimento do Miss Universo no início deste ano, encaminhada pelo advogado Carlos Daniel Nunes Masi. Procurada por Donna na manhã desta quarta, a assessoria de imprensa da Polishop, que agora detém os direitos do Miss Brasil, afirmou que ainda não haviam recebido qualquer notificação e que o departamento jurídico estava entrando em contato com a Bandeirantes, que exibe o concurso, para verificar se eles haviam sido notificados.

– Acredito que esta notícia também não chegou até a Raíssa, porque ela está confinada – afirmou a assessora Cátia Rejane. A candidata brasileira está nas Filipinas com as demais concorrentes do Miss Universo, que será realizado no dia 29 de janeiro.

Leia mais
:: Miss Brasil 2016 sobre o concurso: “ Tem que ter negra, tem que ter loira, ruiva, mestiça, um pouco de tudo ”
:: Artistas celebram vitória de Miss Paraná no concurso Miss Brasil 2016
:: #DonnaRetrô: as 16 mulheres que marcaram o ano de 2016

Leia mais
Comente

Hot no Donna