Repórter do “Mais Você” se assume lésbica e conta caso de assédio por parte de chefe

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

A repórter do Mais Você Nadia Bochi, responsável pelos quadros Tem Visita e Na Estrada, compartilhou nesta quarta-feira, 6, um relato no Facebook se assumindo lésbica. A jornalista ainda desabafou sobre machismo e um caso de assédio por parte de um chefe.

“Ando de mãos dadas com a minha namorada nas ruas. E uma das descobertas mais felizes que tive é que muitas pessoas simplesmente não se importam com isso. Sinto um prazer sem igual quando alguém para a gente no meio de um abraço pra pedir uma foto e ainda pede desculpas por interromper com tanto carinho uma demonstração de amor”, contou.

Bom feriado ao vivo! #maisvoce

Uma publicação compartilhada por Nadia Bocнi (@nadiabochi) em

Há 15 anos como repórter na Rede Globo e anteriormente na HBO, Nadia contou sempre ter sido respeitada no ambiente de trabalho, devido às diretrizes das empresas que já trabalhou. Mas, no relato, ela afirmou já ter sido assediada por um chefe.

“Lembro da vez triste em que fui assediada por um chefe que insistia em, além de me beijar, questionar minha escolha de amar mulheres. Não permiti que o beijo acontecesse. Principalmente não deixei que aquele ato de violência colocasse em dúvida quem eu era. E mais uma vez, sei e reafirmo que tive muita sorte”, escreveu Nadia.

Leia o relato completo:

Nos comentários, o público apoiou Nadia e desejou felicidades para a jornalista. “Sempre gostei do seu trabalho no programa da Ana, nunca soube que você era lésbica o que não muda em nada minha admiração pelo seu trabalho”, comentou uma espectadora. “Sou sua fã, apesar de não concordar com a sua escolha de vida, respeito e admiro seu trabalho, sua alegria nas matérias, enfim desejo que você seja feliz sempre”, disse uma usuária. “Seja do seu jeito. Quem te ama não tem nenhum tipo de reservas. Meu respeito e admiração”, afirmou uma fã.

Leia mais:
:: Orgulho LGBTQI+: cinco mulheres celebram as conquistas e apontam no que é preciso avançar
:: Depois de “Frozen”, possível casal de lésbicas em “Procurando Dory” gera polêmica
:: Dia Nacional da Visibilidade Lésbica: a representatividade além dos clichês e do preconceito

Leia mais
Comente

Hot no Donna