Entrevista! Multifacetada, a atriz Samantha Schmütz solta a voz em especial no Canal Bis

Fotos: Páprica Fotografia, Divulgação
Fotos: Páprica Fotografia, Divulgação

O que não falta para Samantha Schmütz são motivos para sorrir – e, claro, para também fazer rir. Aos 37 anos, a atriz, cantora e comediante comemora um dos períodos mais importantes da carreira, que inclui TV aberta, por assinatura, cinema e até uma série na web. No ar na novela Totalmente Demais, da Rede Globo, a carioca de Niterói se prepara para a quarta temporada da série Vai Que Cola, do Multishow. O sucesso do programa capitaneado por Paulo Gustavo é tanto que ganhou até versão cinematográfica. Não deu outra: Vai Que Cola – O Filme levou mais de 3 milhões de pessoas aos cinemas. Quer mais? Entre um trabalho e outro, ela ainda encontrou tempo de estrear um desenho animado no YouTube, que se encaminha para a segunda temporada. Neste mês, também revela a faceta cantora em um novo programa no Canal Bis. Ufa!

00b636d1

Outras entrevistas bacanas
:: Fernanda Lima fala sobre empoderamento feminino e liberdade sexual
:: Giovanna Antonelli chega aos 40 anos lançando moda dentro e fora da TV
:: Queridinho das popstars, estilista Jeremy Scott fala sobre relação com Madonna, Katy Perry e Anitta

Mas não foi tão rápido assim que Samantha viu seu nome se tornar conhecido do grande público. Formada em Artes Cênicas em 1999, começou no teatro ao lado de nomes como os diretores Sérgio Britto e Wolf Maya, além de ter integrado o elenco de um musical sobre a vida de Elis Regina, sob a direção de Diogo Vilela. Contudo, foi quando migrou para o humorístico Zorra Total que a carreira deslanchou com Juninho Play (foto abaixo), papel que interpretou por quase sete anos. Saiu em 2013, com entrada garantida no Vai Que Cola, em que ganhou ares de protagonista ao lado de Paulo Gustavo, Marcus Majella e Cacau Protásio – e de onde não saiu mais com a periguete Jéssica. Parceiros dentro e fora do set, Samantha acredita que é a cumplicidade a amizade da equipe que facilita o entrosamento no palco.

— O fato de sermos amigos e convivermos mesmo, de ir na casa, passar Réveillon juntos, ajuda muito. Isso permite uma liberdade entre a gente que talvez você não tenha com alguém que você não tem esse convívio — diz.

00b8b9f5

Em outubro do ano passado, a turma do Méier migrou da TV para o cinema. Vai Que Cola – O Filme foi a maior abertura do cinema nacional em 2015, e o segundo lugar em ingressos vendidos – 3,2 milhões, contra os 3,7 milhões de espectadores de Loucas Para Casar, com Ingrid Guimarães e Tatá Werneck. E foi surpresa essa repercussão toda, Samantha?

— Esperava que fosse ser sucesso porque a série já anunciava isso — contou em entrevista para Donna. — A gente fez com tanto amor. E a série já estava abraçada também pelo público, havia muita expectativa. Não fiquei surpresa com o sucesso. Já tinha fé e confiança que a gente ia fazer bonito — garante.

00b52e80

Além da bem-sucedida incursão pelo cinema, Samantha também “estreou” de vez nas novelas. As aspas têm explicação: em 2006, fez uma participação em Pé na Jaca, tão pequena que considera Totalmente Demais seu début na teledramaturgia. Na trama das 19h, vive Dorinha, a irmã abusada e sem noção da protagonista Juliana Paes (foto abaixo), editora de uma revista feminina, que é casada com Zé Pedro (personagem do ex-Casseta Hélio de la Peña) e mãe de dois filhos.

— É a primeira vez que tenho um papel onde o público pode apreciar o meu trabalho, que tem uma relevância maior — diz.

00b8b9fb

 

Sarada lifestyle

Quem segue a atriz no Instagram deve ter percebido: volta e meia, a morena compartilha cliques suando a camiseta na academia. Apesar de sempre incluir os exercícios no dia a dia, Samantha entrou de vez no mundo fitness quando engatou o relacionamento com o empresário norte-americano Michael Cannet, em 2012, adepto da vida saudável. Mas sem restrições absurdas, gosta de frisar.

A preocupação com o corpo está relacionada aos figurinos curtíssimos de Jéssica: saia, shortinho e muita pele à mostra. Com 1,52m de altura, a atriz tenta se manter dentro dos 45kg. Aliado aos cuidados com o que vai na prato, o segredo para manter o corpo em dia é encaixar sempre a malhação na rotina, esteja ou não com aquela preguiça que todas nós conhecemos.

— Hoje em dia, me considero uma pessoa que cuida do corpo e pensa na saúde, uma pessoa fitness. Sou uma pessoa mais saudável. Durante a semana, tento não comer besteira, deixo para o fíndi. Esse é o segredo. Para mim, não dá para comer besteira durante a semana — conta.

 

Cabô a palhaçada!!!! ?? #mundobt @bt_bodytech @alexandreacciolyoficial #teamschmutz #sarolditopteam

Uma foto publicada por Samantha Schmütz ??? (@samanthaschmutz) em

 

De coadjuvante a protagonista

Depois de Jéssica virar uma das mais queridas personas de Vai Que Cola, foi quase que natural o desejo de ver a personagem ganhar vida própria. Assim nasceu Aí Eu Vi Vantagem, spin-off do humorístico, que foi ao ar em agosto e ganhou 16 episódios. Enquanto a emissora não anuncia a nova temporada, Samantha conta os detalhes de outra protagonista de sua carreira: a Selminha do filme Tô Ryca (foto abaixo). Com estreia prevista para agosto, o longa traz Samantha na pele de uma frentista que ganha a chance de deixar os dias de pobreza para trás depois de ganhar uma herança de família. Mas colocar a mão na grana não é tão fácil assim: o desafio será gastar 30 milhões em 30 dias, sem contar para ninguém.

— Foi muito legal! Abracei, estudei e mergulhei. Fiquei muito feliz com a oportunidade. Trabalhei com os meus amigos supertalentosos, a Katiuscia Canoro, o Marcelo Adnet, o Majella e a Fabiana Karla — comemora.

00b6395b

E a escolha de mais uma personagem no humor – tal qual Tatá Werneck e Cacau Protásio, outros nomes que colecionam papéis cômicos – faz sentido. Como diz a própria Samantha, “dá certo e você não sai desse time que está ganhando”. Prova disto é que o gênero é o que mais têm atraído os telespectadores daqui quando o assunto são produções nacionais.

— A comédia tem levado mais pessoas ao cinema devido à situação, que já está tão violenta. As pessoas não querem ver tiroteio e desgraça, querem relaxar. Na comédia, a gente também pode incluir questões mais sérias e fazer as pessoas refletirem — explica.

Mas isso não significa que Samantha quer se acomodar com seus personagens cômicos – coloque na conta também Valdéia, de Minha Mãe é Uma Peça 2, que chega aos cinemas no segundo semestre. A ideia, aliás, é dar cada vez mais atenção para um talento nem tão conhecido da moça: ela também canta!

— Sempre tive a meta de ser uma atriz o mais completa possível. Fiz aula de dança, me exercito e faço aula de canto até hoje. Com a vida corrida que eu tenho com Vai Que Cola, gravação da novela, o trabalho com a banda acaba ficando em segundo plano. A gente costuma fazer shows de black music, hip hop. Componho algumas coisas, mas ainda não coloquei nada para jogo. Quero colocar quando eu tiver certeza que está algo bem legal, bem pensado, com uma qualidade que o público mereça ouvir. É um dos meus planos para 2016 – projeta.

A partir de 13 de abril, quem ligar a TV no Canal Bis poderá conferir o vozeirão da moça na nova série Samantha Canta. Serão três episódios temáticos, homenageando estilos como a MPB, o pop e a black music. Já na estreia, Samantha interpreta canções de Elis Regina com a participação do rapper Criolo. O programa vai ao ar às quartas, às 23h30min.

Estreia dia 13 de abril @canalbis ?

Um vídeo publicado por Samantha Schmütz ??? (@samanthaschmutz) em

Leia mais
Comente

Hot no Donna