Sarah Jessica Parker declara que não é feminista e é criticada nas redes sociais

A atriz Sarah Jessica Parker, a eterna Carrie da série de TV Sex and the city, provocou polêmica ao afirmar à edição americana da Marie Claire que não se considera uma feminista:

– Acredito em mulheres e eu acredito na igualdade, mas acho que há muito que precisa ser feito e eu não quero mais segregações. Só quero que as pessoas sejam tratadas de forma iguais.

Assim que a prévia da entrevista – que é a capa da publicação – vazou na internet, alguns internautas questionaram a declaração de Sarah: afinal, feminismo não é querer a igualdade entre os sexos?

“Irmã, isso é feminismo”, escreveu uma usuária. Outra sentenciou: “Essa é uma declaração estúpida. Ela é uma feminista, só não é uma das boas”.

carrie_gif

Esta não é a primeira vez que Sarah é criticada por suas declarações em relação ao movimento feminista. Em 2015, em entrevista à Cosmopolitan, ela preferiu ser chamada de humanista:

– Não estou cuspindo na cara ou com preguiça em relação ao que ainda precisa ser feito, mas acho que é mais do que apenas as mulheres. Nós seriamos tão poderosos se fossemos um movimento humanista.

:: Kristen Stewart se declara para namorada: “Estou muito mais feliz”
:: Segundo pesquisa, Taylor Swift tem mais apoiadores que Kim Kardashian e Kanye West
:: Jennifer Aniston desabafa sobre rumores de gravidez: “Estou de saco cheio”

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna