Sarah Jessica Parker diz que série “Sex and the City” não iria ao ar hoje em dia. Entenda a declaração

Foto: AFP
Foto: AFP

A atriz Sarah Jessica Parker, de 53 anos, famosa por viver a personagem Carrie Bradshaw na série de TV Sex And The City, que virou dois filmes homônimos, acredita que o programa não poderia ser feito nos dias atuais, 20 anos depois da estreia.

A americana acha que seria “bizarro” gravar a história usando quatro mulheres brancas.

“Você não poderia fazer [a série] hoje por causa da falta de diversidade na tela. Eu, pessoalmente, acho que seria bizarro”, disse ao The Hollywood Reporter.

A atriz também acha que não seria possível fazer o remake da popular série com um novo elenco.

“Eu não sei se você poderia fazer isso com um elenco diferente. Eu acho isso radical e interessante, mas você não pode fingir que é a mesma série”. No entanto, Sarah acha que “valeria a pena” olhar para uma série totalmente nova baseado em quatro “diversas” mulheres.

Sarah estrelou o programa ao lado de Kim Cattrall (Samantha Jones), Cynthia Nixon (Miranda Hobbs) e Kristin Davis (Charlotte Yorke).  O terceiro filme baseado na série já foi cancelado, marcando o fim da franquia.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Leia mais:
:: Sex and The City: Sarah Jessica Parker lança sapato inspirado em Carrie Bradshaw
:: Sarah Jessica Parker revela segredos dos looks de Carrie Bradshaw em “Sex and the City”
:: Oscar de la Renta recria o vestido de Carrie Bradshaw, de Sex and the City
:: 6 momentos que marcaram nosso amor por “Sex And The City”

Leia mais
Comente

Hot no Donna