Shakira, Shakira! No Brasil, cantora lança perfume e conta como é a rotina em família

Já se vão mais de 20 anos desde que aquela menina colombiana de cabelos longos e pretos se lançou ao mundo com baladas românticas em espanhol. Hoje, mais do que uma bem-sucedida cantora latina, Shakira é uma das mais completas artistas internacionais, vencedora de dois prêmios Grammy, entre vários Latin Grammy, Video Music Awards e por aí vai. Prestes a completar 40 anos, em 2 de fevereiro, ela vive hoje o momento ideal de sua vida, como contou em passagem por São Paulo para lançar Dance, seu mais novo perfume. Em conversa com jornalistas, Shakira disse estar se sentindo mais livre do que nunca como artista e que, quando chega em casa, encontra a família que sempre quis ter: os filhos Milan, três anos, e Sasha, um, frutos de seu casamento com o jogador do Barcelona, Gerard Piqué.

— Os anos te dão mais confiança, a maternidade também. As experiências de vida dos últimos anos contribuíram para moldar minha personalidade mais segura, bem diferente de quando eu tinha 15 anos – destaca Shakira, que tem ainda a celebrar o recorde de seu recém-lançado single, Chantaje, vídeo em língua espanhola que mais rápido atingiu os 100 milhões de visualizações na internet, em menos de 20 dias.

:: Mariana Ximenes fala sobre carreira, relacionamento e fama
:: Chef argentina Paola Carosella lança livro e declara seu amor pelo Brasil

Na entrevista que reuniu cinco jornalistas de diferentes regiões do país, uma pergunta a deixou sem graça:
— Você dança, canta, é mãe e ainda uma mulher de negócios. Além de tudo, se mostra uma pessoa real, divertida. Como se sente sendo uma inspiração para as mulheres?

Depois de alguns segundos, ela sorriu e respondeu:

— Quando se é uma pessoa pública, existe uma responsabilidade com o público e, ainda mais, com as meninas mais jovens. Tenho tentado dar um bom exemplo. Até agora, tenho vivido uma vida sem escândalos, uma vida saudável. Porque essa sou eu, uma pessoa normal. Desejo a normalidade para minha vida.

shakira

Foto: Puig | Divulgação

A seguir, Shakira conta como é sua rotina como mãe, revela que ela mesma faz sua make e o que espera da carreira e de 2017.

Você completa 40 anos em fevereiro. O que esse marco significa para você?

— Não tenho ideia, deixa chegar lá (risos). Não sei o que vou experimentar, o que vou sentir. Sei que não volto a ter 30 anos outra vez. Estou em um momento ideal em minha vida. Tenho a família que sempre quis ter. Tenho me sentido muito livre no estúdio de gravação, mais livre do que nunca artisticamente.

Como fazer o balanço entre a carreira e a família?

— Não tenho nem ideia de como faço, como todas as mulheres do mundo, dou um jeito. É um desafio diário poder combinar tudo, a vida de mulher, de profissional e de mãe. Ter tempo para tudo é realmente difícil, e a tarefa de ser mãe talvez seja a mais difícil da minha vida. Estou acostumada a trabalhar muito, às vezes 36 horas seguidas, sem parar, e não fico tão cansada como fico com meus meninos por 12 horas. São dois, mas parecem quatro. É muita energia e você dá tudo que tem, mentalmente, intelectualmente, fisicamente e emocionalmente. É o trabalho mais intenso e mais lindo do mundo.

Como é a sua rotina?

— Acordo muito cedo, levo o Milan na escola e revezo com o pai quem busca, depois vou para a parte dos esportes: pratico tênis todos os dias. É uma terapia para a mente e ajuda a manter o corpo. Depois disso, vou para o estúdio, com as gravações. Estou gravando muitas músicas, me sinto, finalmente, reconectada com meu trabalho. Esse novo momento, em que é possível lançar os singles sem que o álbum esteja pronto, me fez ter um novo prazer com a música.

Uma foto publicada por Shakira (@shakira) em

Seu trabalho está muito relacionado à sua imagem. Qual a sua relação com a beleza? Que espaço isso ocupa na sua vida?

— Eu gostaria que ocupasse um pouquinho menos, porque tira muito tempo. O cabelo, ter que fazer a cor, cortar, pentear, tudo leva tempo. Cada vez tento dedicar menos tempo para isso, porque tenho muitas prioridades a atender. Penso que a beleza é definitivamente um reflexo do estado interior: pode ser acentuada ou diminuída em função dele. Não tem melhor maquiagem que um sorriso, por exemplo.

Quando se está feliz e em paz, a gente percebe uma beleza especial. Se está sofrendo, a beleza não é tão tangível. Posso ver isso com os meus meninos: quando estão rindo, são tão bonitos. Não importam as rugas, o que importa realmente é um sorriso aberto. Isso sim, para mim, é a beleza.

Como você define seu estilo?

— Adoro andar com jeans e camiseta, é minha roupa favorita. Mas também faço um esforço para me apresentar melhor: hoje me arrumei para vocês (sobre o vestido escolhido para a coletiva). Faço minha própria maquiagem, para vídeos, clipes, fotos, capas das revistas. Aprendi sozinha, sempre gostei de me maquiar. Não gosto muito de trabalhar com maquiadores, mudam muito o meu rosto. Gosto de usar pouca maquiagem e manter um look mais natural e não cobro nada por isso (risos).

Muitas celebridades têm sido porta-voz de causas feministas: salários iguais, o direito de não ser jovem para sempre e por aí vai. Que causas mais mobilizam você?

— Minha causa é promover o acesso universal à educação. Aos 18 anos, criei a fundação Pies Descalzos (nome de um de seus primeiros sucessos), e, desde então, começamos a trabalhar para construir escolas e oferecer uma educação de qualidade para crianças que vivem em condições muito difíceis, com famílias afetadas pela violência. Há poucos dias, recebi uma grande notícia: uma das escolas da nossa fundação foi escolhida como a melhor escola pública do país (Colômbia) e para mim isso é um grande feito, mais valioso do que um Grammy. É um projeto que precisou de muitos esforços de minha parte e de todo meu time, não é fácil oferecer educação de qualidade a crianças que moram em situações tão difíceis de vida, mas estamos muito felizes porque é uma evidência de como a educação é um fator de transformação não somente para as crianças mas para famílias e comunidades inteiras.

O nome de seu novo perfume é Dance e você é conhecida também pela sua performance como dançarina. Que papel a dança tem na sua vida?

—  É quando me sinto mais fiel a mim mesma, mais livre. Acho que a dança é uma forma de me redescobrir e de me expressar. É um caminho que comecei desde menina: me conheço mais através da dança. Sou autodidata, ninguém me ensinou a dançar, é algo que trago dentro do meu corpo, uma parte importante da minha personalidade artística.

shakira

Foto: Puig | Divulgação

E como você se transforma nesse furacão que vemos no palco?

— Eu não sei, mas, quando estou no palco, experimento uma transformação. Deixo sair tudo o que está dentro de mim e o que talvez não tenha uma plataforma para se expressar no dia a dia. No palco, consigo expressar tudo isso e por isso é tão necessário cantar e estar com o público.

Após mais de 20 anos de sucesso, o que você ainda sonha em fazer na carreira?

— Sonho em fazer mais música boa, que o público goste. Fazer músicas que façam as pessoas felizes. E isso sempre será um desafio para mim, porque você nunca sabe se vai ser capaz de criar músicas que expressem suas emoções. Cada vez que começo a compor uma música, não sei onde vou acabar – é sempre uma grande aventura. É uma bênção fazer músicas com que as pessoas se identifiquem e tenham alegria.

O que podemos esperar para 2017?

— Pretendo finalizar o meu álbum, já comecei a fazer músicas, muitas já estão completas e tenho um grande desejo de compartilhar essas canções com meu público. Possivelmente vou lançar uma turnê, voltar ao Brasil e cantar de novo para vocês. Esse é meu grande plano.

BOMBANDO NAS REDES

  • Mais de 27 milhões de seguidores no Instagram
  • Mais de 100 milhões de fãs no Facebook
  • Acaba de bater um novo recorde no seu canal no YouTube: 100 milhões de visualizações em menos de 20 dias do vídeo da música Chantaje, em que faz uma parceria com o cantor colombiano Maluma. Aliás, Shakira conta que desde o início sentiu “o arrepio que sempre sente quando sabe que um sucesso está por vir”: – Sabia que iria estourar desde o dia em que a compus

Um vídeo publicado por Shakira (@shakira) em

JOIA BRASILEIRA

Shakira usou um anel da designer curitibana Maria Dolores para a coletiva de imprensa realizada em São Paulo na semana passada. Peça da coleção Geometric, o anel Two Pieces é duplo, com pedra coberta de cristais irregulares e foi adquirido na loja da marca em Barcelona, onde a cantora reside.

Foto: Maria Dolores | Divulgação

Foto: Maria Dolores | Divulgação

DANCE COM SHAKIRA

Shakira não apenas lança um perfume com seu nome. Na entrevista, ela conta que participa de todo processo de criação, desde a elaboração da fragrância e o desenho dos frascos até o nome do produto:
— Para mim, é muito importante me envolver nos meus projetos e participar ativamente do começo até o final. É a minha maneira de ser sincera e honesta com meu público. Não sou uma artista produzida, sou uma criadora, uma artista que gosta de inventar, ter ideias, criar conceitos.

A cantora mergulhou no universo dos perfumes em 2010, com S by Shakira, e depois vieram as linhas Elixir e Rock e, agora, o recém-lançado Dance.

Uma foto publicada por Shakira (@shakira) em

— É uma fragrância muito pessoal, participei de sua criação por um ano, me sentando com o mestre perfumista, falando dos conceitos. Queria um frasco que fosse uma escultura do corpo feminino, tirei uma foto minha fazendo o movimento clássico dos quadris e dali veio a inspiração.

Mas, entre os perfumes favoritos, há cheiros imbatíveis para Shakira: — O cheiro de que nunca esqueço é o de minha mãe. Mesmo quando ela não está, posso invocá-la por meio da minha memória olfativa. E, atualmente, o meu favorito é o de meus bebês na hora em que eles acordam da sesta.

*Viajou a São Paulo a convite da Puig

Leia mais
Comente

Hot no Donna