Campeã internacional pelo Havaí, surfista nascida no Rio Grande do Sul estreia programa de TV

Divulgação Canal Off
Divulgação Canal Off

Por Natasha Heinz, especial

Tatiana Weston-Webb tinha apenas três semanas de vida quando deixou Porto Alegre com a mãe, a ex-bodyboarder Tanira Guimarães. Destino: Havaí. Lá, a guria cresceu e conheceu o surfe, que acabou virando sua profissão. Agora, ela se prepara para uma nova estreia, desta vez na TV: na quarta-feira vai ao ar o programa que leva seu nome no canal pago OFF. Justo quando a Tatiana estará em solo brasileiro disputando o campeonato mundial de surfe:

– Tenho certeza de que, depois da estreia, a minha vida no Brasil vai ser bem diferente – afirmou em entrevista para a Revista Donna.

Naturalizada havaiana, Tatiana encarou as ondas sobre uma prancha pela primeira vez aos oito anos. Cinco anos depois, foi campeã nacional dos EUA aos 13, conquistando o terceiro título aos 16.

– Meu irmão (Troy) foi quem me inspirou, porque ele começou a surfar. Quando eu era criança, copiava tudo o que ele fazia. Então, comecei a surfar também e me apaixonei pelo esporte – contou Tatiana, que também é filha de pai surfista, o inglês radicado nos EUA Doug Weston-Webb.

:: VÍDEO: surfista “gaúcha-havaiana” pega onda perfeita e tira nota 10 na França

Divulgação Canal OFF

Divulgação, Canal OFF

Aos 20 anos, comemorados na última segunda-feira, Tatiana encara a segunda temporada como surfista profissional, competindo pela bandeira havaiana na Liga Mundial de Surfe, em que o Estado é considerado à parte do time dos EUA. E já em seu ano de estreia como profissional conquistou o título de “Rookie of the Year”, como a jovem atleta que mais se destacou em 2015. Todo esse reconhecimento a deixa otimista para o futuro:

– Acho que estou surfando bem, mas mal posso esperar para me tornar uma surfista ainda melhor.

Divulgação Canal OFF

Divulgação, Canal OFF

Em 13 episódios, o programa que leva seu nome acompanha a rotina da guria em treinos e competições passando por Austrália, Brasil, Indonésia, Califórnia, Portugal, França e Maui durante o WCT de 2015. Não vão ficar de fora os momentos de lazer ao lado da família e do namorado, o surfista brasileiro Jesse Mendes, com quem está há quase dois anos.

Apesar de nunca ter morado no Brasil, Tatiana sente que o país teve influenciou sua formação, inclusive como profissional.

– Minha origem brasileira trouxe muito sucesso – reconhece. – Acho que sou tão entusiasmada por causa da cultura brasileira e da forma como fui criada.

No Brasil para a etapa nacional do WCT, o campeonato mundial de surfe, Tatiana aproveitaria a deixa para visitar a família, incluindo a capital gaúcha.

– Sempre visitei Porto Alegre ao longo da minha vida e continuo voltando. Amo essa cidade – contou, em inglês, por escrito, já que não domina totalmente o português. – Sempre penso na minha avó e nas histórias que minha mãe conta de quando ela era criança. É uma cidade muito especial para minha família. Eu e minha mãe nascemos aí, ela cresceu em Porto Alegre, e isto a tornou a pessoa que é hoje.

Fora do mar, Tatiana chama atenção por outros motivos: os looks. Com várias fotos de biquíni, exibindo o corpo sarado e os cabelos plantinados, a página dela no Instagram tem 124 mil seguidores. E é só passar os olhos nos comentários para ver que os elogios à beleza da surfista dominam. Mas a surfista já declarou mais de uma vez que dispensa a imagem de musa. Quer mesmo é mostrar que trabalha duro para se tornar a melhor profissional possível. Esse é, inclusive, um dos principais objetivos no programa de TV: dar visibilidade ao surfe feminino para encorajar mais meninas a aderirem ao esporte. As surfistas mulheres vêm ganhando notoriedade, diz Tatiana, mas ainda falta cobertura da mídia para alcançarem os homens:

– É maravilhoso ser uma surfista profissional. As mulheres que surfam ganharam muito respeito e trabalharam muito para chegar no nível em que estamos.

Mas é hora de ir além:
– Mais marcas poderiam investir no surfe feminino do que no masculino, e tenho certeza de que isto vai acontecer logo – conclui.

Tatiana Weston-Webb estreia no Canal OFF no dia 18 de maio, às 22h.

:: Entrevista: Sofia Resing, a modelo gaúcha que estampa a edição de biquíni da Sports Illustrated

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna