The New York Times aponta modelo trans como a próxima grande top model

(Reprodução/Instagram)
(Reprodução/Instagram)

Ela é uma loira, de 1,75 de altura e, sem sombra de dúvidas, poderia parar o trânsito em qualquer lugar. O nome dela é Gigi Gorgeus e ela foi apontada pelo jornal The New York Times como a próxima grande top model dos Estados Unidos — “a nova queridinha da América”. E ela é trans. Com mais de 2 milhões de seguidores no Instagram, Gigi, 23 anos, é também youtuber. Em seu canal, ela dá dicas de maquiagem e beleza, além de informações sobre transição de gênero.

:: Sósia GG de Gigi Hadid, modelo plus size dá resposta bem-humorada a críticas de seguidores
:: Campanha da Gucci é banida por ter modelos muito magras
:: Katie Meade é a primeira modelo com síndrome de down a estampar uma campanha de cosméticos

A caminhada de Gigi do anonimato à fama foi trilhada através da internet e hoje ela é considerada uma das it girls mais populares de Los Angeles, tendo reservas nos mesmos restaurantes que a família Kardashian,  por exemplo. Ela ainda se apresentava por Gregory quando começou a carreira no Youtube, em 2008.

No vídeo abaixo, Gigi assiste seus vídeos antigos:

Logo depois, começou seu processo de transição. Ao jornal, Gigi contou que teve, durante todo o processo, de seus pais e que as inquietações sobre sua identidade de gênero começaram quando ainda era criança.

— Minha mãe, quando eu comecei a usar maquiagem, me protegia muito. Ela não tinha vergonha. Depois que eu comecei a usar sombra e máscara e cores diferentes nos lábios, minha mãe dizia: ‘não quero que você seja xingada; não quero que você sofra. Mas ela nunca pediu para eu tirar. Nunca. Eu acho que ela sabia que ia conseguir me virar — contou.

Leia mais
Comente

Hot no Donna