O melhor do Peru é… a gastronomia

Ok, o título é em parte brincadeira. Ao longo da minha viagem ao Peru, descobri que o melhor do Peru é o peruano. Com o perdão do trocadilho: que gente mais gentil. A prova maior foi concedida quando perguntei a um dos colaboradores do hotel em Cusco onde ficava determinado restaurante e ele, sem pestanejar, abriu a porta da recepção e saiu rua afora nos guiando rumo ao endereço. Sem pedir nada em troca. Nada mesmo. Não há o costume da gorjeta no Peru. E é aí que você percebe o quão genuíno é cada ato de cortesia.

peru-gastronomico-fernanda

Achei importante a ressalva antes de ir ao que interessa, de fato, por esses lados: comida. Como esse é um dos meus primeiros posts aqui, considero relevante a informação de que não costumo seguir guias turísticos. Fujo, na verdade. Prefiro descobrir os lugares aos poucos, perguntando diretamente aos locais e me perdendo entre mapas, ruas e transportes públicos.

Mas quando se trata de Lima, não tem jeito. Nomes como Central e Astrid & Gastón pipocam o tempo inteiro lhe intimando a um menu degustação. É simples: ambos estão na lista dos melhores restaurantes do mundo pelo ranking da Restaurateur, classificando Lima como a capital gastronômica da América Latina.

comidas no peru

Eu fui, tá bem? Prestigiei o chef Gastón Acurio. Quase implorei uma mesa, pois não tinha realizado a reserva seis meses antes como sugere o roteiro. Foi lindo. Uma verdadeira experiência gastronômica. Mas precisei de outros quatro dias de almoços e jantares pela cidade para ressalvar que o que torna o destino um antro da culinária não são apenas os bistrôs renomados. São os pães. Gente, que pães. Sempre quentinhos e servidos à mesa antes de qualquer refeição. E as sobremesas. Caprichadas na apresentação e no suspiro. As carnes são no ponto e macias, os peixes frescos, e o molho ají deixa a bandeira peruana pelo prato que passar.

comida do peru

Acreditem, conheço quem tenha ido a Lima e se arrependido. Achou chocho. Pudera, passou a sanduíche e fast food. E, vos digo, não deve ter sido por questões financeiras, já que há restaurantes que não ostentam estrelas e são muito bons.

macchu picchuA gastronomia é parte mais que essencial de qualquer cultura. Ainda mais quando se trata de Peru. Não vá embora sem experimentar o tempero local. Ah, e o serviço é um regalo à parte. Já falei que o melhor do Peru é o peruano?

Adendo – restaurantes por quais passei em LimaRosa NáuticaAstrid & GastónHuaca Pucllana, Café do Museo Larco e Cala.