França X Croácia: quando o tema é viagem, qual destino vence o jogo?

Eita que esta Copa do Mundo colocou a saudade em campo. Este clima amistoso entre diversas etnias e a mistura de culturas transforma o planeta em um grande hostel, vai dizer? Pois bem, eis que chegou o final da competição e, no dia 15 de julho, descobriremos quem é o melhor do mundo quando o tema é futebol. De qualquer forma, resolvi elencar alguns pontos sobre os países europeus que chegaram à final – França e Croácia – para, em tom de brincadeira, ver quem sai na frente quando o tema é destino de viagem.

França e Croácia

França e Croácia

Gastronomia

Não tem pra ninguém. Eu diria que nem para a Itália, hein? Quando o tema é gastronomia, a França larga sempre na frente. Croissant, brioches, queijos, omeletes, qualquer bistrô francês consegue satisfazer um amante da boa mesa. Fora que os vinhos das casa são garantia de qualidade.

Gastronomia na França

Gastronomia na França

Na Croácia, a alimentação fica por conta dos frutos do mar. São sempre fresquinhos e, em Dubrovnik, não faltam restaurantes estrelados. Os vinhos também são especiais, mas, contudo, todavia, nada bate a panela francesa.

França 1X0 Croácia

Povo

Os franceses já melhoraram muito o comportamento desde que visitei o país pela primeira vez. Há 10 anos, puxar um assunto em inglês com um parisiense, principalmente, era pedir para ser encarado com um olhar torto ou ser ignorado. O ar blasé impera no país e, definitivamente, não é  o melhor lugar pra fazer novas amizades. Eu tinha um amigo que morava em Lyon que costumava bradar uma autocrítica: “o que adianta viver em um dos lugares mais lindos no mundo e estar sempre de mau-humor?”. Não sei se é bem mau-humor, já acho que é até charminho, sabe? Na Croácia, o clima é outro. Os croatas foram bombardeados nos anos 1990, precisaram se reerguer e são muito gratos pela nova oportunidade que lhes foi dada. Como vivem basicamente do turismo, atualmente, estão sempre de braços abertos para os estrangeiros e prontos para ajudar, sorrir ou indicar o melhor café ou lojinha.

França 0X1 Croácia

Paris - França

França

Belezas naturais

Esta é difícil. Fiquei até em dúvida se não rolava um empate técnico aqui e temi ser injusta. Se por um lado temos a Côte d’Azur, a Provence, os jardins de lavanda e aquela cidadelas românticas e montanhosas do interior francês, pelo outro, temos praias deslumbrantes, parques enormes e lagos de um azul e verde espelhados na Croácia.

Marseille - França

Marseille – França

Neste caso, acabei desempatando para os croatas. Afinal, um minuto de silêncio para a lindeza de tirar o fôlego dos Lagos Plitvice e da ilha de Hvar.

França 0X1 Croácia

Croácia

Croácia

Cultura

A principal cidade da Croácia – que não é a capital -, Dubrovnik, passou por uma reconstrução há pouco e perdeu parte da sua essência e história antiga. É interessante demais caminhar pela cidade de pedra e redescobrir a tradição e os encantos de um país em evolução. Mas, para quem ama museus, prédios antigos e tradições, não há lugar como a França. As óperas, bibliotecas e parques são redutos da cultura mundial. Não tem para ninguém.

França 1X0 Croácia

França e Croácia

França e Croácia

Preço

Este é um fator decisivo para quem está pensando em viajar e quer economizar um bocado: o preço. A Croácia está na moda, sim, e os hotéis podem ser um tanto ousados nas tarifas. Mas sempre há um bed and breakfast ou um hostel bacana para encarar o passeio. Em contrapartida, a França segue entre os países mais caros do mundo. Sim, aparece em terceiro na lista da BBC, o que pode influenciar um tanto o turista na hora de marcar o gol. Croácia larga na frente.

França 0X1 Croácia

França

França

Neste momento, eu diria que ali, nos minutos finais, nos acréscimos, Croácia vence o embate. É um destino que está em alta, tem um tantão a oferecer nas áreas naturais e culturais e o preço não está entre os mais caros quando se fala de Europa. Mas, psiu, cá entre nós, se você me perguntar para qual dos dois destinos eu iria agora, não titubearia em vestir meu trenchcoat e voar para a terra de Mbappé. France, Je t’aime.