Apesar da ajuda deles, estudo mostra que mulheres gastam o dobro do tempo em tarefas domésticas

Ao contrário das civilizações de algumas décadas passadas, em que o tédio e a monotonia pairavam no ar, a nossa sociedade se acostumou a viver em uma rotina extremamente conturbada. Se a culpa é da tecnologia, da ganância que transformou a pressa em gerador de dinheiro, ninguém consegue esclarecer. Mas em uma alternativa todas as opiniões convergem: o tempo se transformou no vilão do século XXI.

:: 25% das mulheres de 18 a 24 anos já sofreram assédio sexual online, revela pesquisa
::  Bacon, celular e academia: pesquisa revela as 5 atividades preferidas para dispensar o sexo

Apesar desta perspectiva catastrófica, as mulheres que cuidam do lar — e, embora este cenário esteja se transformando, elas ainda são maioria no comando da casa— estão perdendo menos tempo fazendo as tarefas domésticas. Mas não se engane quem pensa que simplesmente abandonamos tais obrigações.

O resultado animador é de uma pesquisa conduzida pela Universidade de Oxford, que consultou homens e mulheres de 14 países. O motivo pelo qual estamos gastando menos tempo com o paninho ou a vassoura na mão é que eles — parceiros, maridos, namorados, eles mesmos — passaram a nos ajudar.

man-cleaning

Segundo o levantamento, na década de 1960, os homens investiam apenas 35 minutos nas tarefas de casa. Atualmente, este índice chega a 2 horas e 18 minutos. Tudo bem que as mulheres ainda gastam o dobro deste tempo, cerca de 4 horas e 20 minutos, mas a queda na diferença já é notável.

:: 7 erros de decoração para você nunca mais cometer na sua casa

Com a participação deles, a força feminina deixou de ser gasta durante 90 minutos diários nos afazeres de casa. Mas, segundo a Fawcett Society, organização que luta pela igualdade social, esta diferença poderia inexistir. O fator principal é a diferença salarial, ainda predominante no mundo inteiro.

“Enquanto as mulheres forem responsáveis pelas tarefas domésticas, sairão prejudicadas na vida profissional. Esse é um dos grandes obstáculos na busca pela igualdade econômica”. Mas, homens, não culpem apenas a economia! Uma ajudinha na cozinha, na limpeza e na organização de casa será sempre bem-vinda.

Leia mais
Comente

Hot no Donna