Como a Rua Silva Jardim se tornou um polo de bem-estar em Porto Alegre

Camila Wait, dona a Bendita Horta. Foto: Bruno Alencastro
Camila Wait, dona a Bendita Horta. Foto: Bruno Alencastro

Em dezembro de 2014, de volta de uma temporada no Exterior, a relações-públicas Camila Wait estudava abrir um negócio em Porto Alegre. Tinha a importância dos “três Ps” em mente:

– Ponto, ponto e ponto.

A curiosidade é que, depois de uma longa pesquisa de mercado, Camila optou pela rua onde nasceu e cresceu, a Silva Jardim, no Bairro Mont’Serrat. Há até bem pouco tempo, era uma rua tomada por lojas de materiais de construção ou de acessórios para veículos automotivos. Hoje, da fachada da Bendita Horta, Camila observa a rua se tornar um pequeno cluster – um aglomerado urbano de empresas semelhantes e comunicantes – voltado à vida saudável.

A inspiração para a Bendita Horta, conta a empresária, veio de dois endereços. O primeiro é Londres, onde Camila viveu e percebeu a ascensão do lifestyle atento à origem dos alimentos e à cadeia produtiva, privilegiando pequenas feiras e negócios locais. Pouco tempo depois, a onda chegou também ao Brasil. A segunda inspiração foi o Rio de Janeiro ou, mais precisamente, o Armazém Vale das Palmeiras, pequeno negócio mantido pelo ator Marcos Palmeira.

– Passei uma tarde lá. Eles me receberam e foram superatenciosos comigo. Funciona no Leblon de um modo muito semelhante à nossa loja: pequena, aconchegante e conveniente para quem está saindo da academia, ainda de roupa de ginástica para almoçar, comer um lanche saudável ou levar os ingredientes para casa.

One Day Spa: beleza e emagrecimento

One Day Spa: beleza e emagrecimento. Foto: divulgação

Vem daí um dos segredos do crescimento deste segmento na Silva Jardim e arredores: a vizinhança com muitas academias e outros empreendimentos ligados a beleza, exercício e bem-estar. O ramo da malhação cresceu na região a partir do boom imobiliário da década passada, que encheu as lombas do Mont’Serrat de pequenos edifícios residenciais de classe média ou de escritórios.

Ali se consolidaram estabelecimentos como o One Day Spa, espaço que oferece de terapias de beleza a programas de emagrecimento, e a filial gaúcha da Bodytech, academia presente em todo o Brasil que trabalha com o conceito de “wellness”, ligado a rotinas de bem-estar para além dos exercícios físicos. Na mesma região, dividem espaço cerca de 20 locais focados em exercícios físicos em um raio de um quilômetro, incluindo estúdios de  pilates, yoga e funcional em salas comerciais.

Bodytech: uma entre as muitas academias da região. Foto: Tadeu Vilani

Bodytech: uma entre as muitas academias da região. Foto: Tadeu Vilani

Os números fizeram parte de um estudo de mercado do empresário Kleber Jarczewski. Ele, que já mantinha na esquina com a Anita Garibaldi uma franquia da sanduicheria Subway, percebeu a oportunidade de negócio e inaugurou na sala comercial vizinha, em junho passado, uma Mundo Verde, rede voltada ao consumo de alimentos saudáveis e de opções sem glúten ou lactose. Gerente da Mundo Verde, Luis Mattos aponta ainda outro segredo do negócio:

– Olha ao teu redor, o que tu observas em comum?

Na ocasião, só havia mulheres na loja. Elas, de idade aproximada entre 25 e 55 anos, compõem, de acordo com o empresário, 80% da clientela. Não que homens não consumam, mas, segundo Mattos, ainda são as mulheres as desbravadoras desse lifestyle e as responsáveis por comprar os produtos para a família. Na Bendita Horta, Camila observa a clientela masculina crescer principalmente para o açaí de fim de tarde pós-treino, mas são as mulheres, de fato, as que mais usufruem da parte de mercearia da loja.

Mundo Verde: Kleber Jarcewski viu uma boa oportunidade. Foto: Bruno Alencastro

Mundo Verde: Kleber Jarcewski viu uma boa oportunidade. Foto: Bruno Alencastro

Jarczewski ainda vê espaço para crescimento do segmento na região, e para isso toma iniciativas. Há pouco tempo, começou a vender hortinhas autoirrigáveis de temperos por encomenda, produto que hoje está entre os mais bem sucedidos da loja. Aos sábados pela manhã, promove na Mundo Verde um brunch para demonstrar que é possível fazer uma alimentação tão saborosa quanto qualquer café colonial por aí apenas com produtos saudáveis. E, a partir de novembro, organizará neste dia uma feira de orgânicos no estacionamento da loja.

– Segundo nossos estudos de mercado, o Brasil é o segundo país em potencial de consumo neste segmento (atrás dos Estados Unidos). Sinal de que o mercado de alimentação saudável ainda tende a crescer bastante nos próximos 15 anos. O consumidor de alimentação saudável embarca nessa pelo benefício que sente na sua vida, algo insubstituível – afirma Jarczewski.

O mais recente negócio deste segmento a literalmente estacionar na Silva Jardim foi o Confraria Kero Food Truck, em 7 de outubro. Como o próprio nome diz, se tratava de uma das charmosas carrocinhas móveis que tomaram Porto Alegre nos últimos tempos, mantida pelos sócios e amigos de infância Eloi Fraga Fernandes, Kênia Luiz Nascimento e Rogério Leite Nascimento (os dois últimos formam o “Kero” do nome). O diferencial é o cardápio sem glúten ou lactose elaborado por Kênia, que é celíaca. A ideia é atender quem precisa de uma alimentação diferenciada e não dispensa o lanche, ou ainda quem não dispensa o lanche, mas deseja algo mais saudável.

– Como a lei dos food trucks ainda não está regulamentada em Porto Alegre, tínhamos de pedir autorização semanalmente à prefeitura para funcionar. Os clientes nos perguntavam onde estaríamos no próximo fim de semana e nem tínhamos como saber, apenas na sexta-feira. Achamos que chegou a hora de estabelecer um ponto físico – conta Elói.

Kero Food Truck: até para celíacos. Foto: Bruno Alencastro

Kero Food Truck: até para celíacos. Foto: Bruno Alencastro

Nas paredes do Confraria, papéis de parede emulam o gramado de um parque, tornado convidativo e aconchegante um prédio que, na verdade, já foi uma garagem. Convenhamos que a rua escolhida para o negócio não poderia ser outra.

 

BENDITA HORTA
Reúne uma charmosa mercearia de produtos orgânicos, prateleiras de suplementos e espaço bistrô para almoço sem glúten ou lactose e lanchinhos e bate-papo, em geral pós-treino.
Rua Silva Jardim, 344
(51) 3307-2106
De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Aos sábados, das 9h às 18h 

MUNDO VERDE
Franquia de produtos saudáveis e suplementos alimentares, com padaria de produtos sem glúten para o dia a dia. Aos finais de semana, promove café da manhã de degustação com produtos da loja.
Rua Anita Garibaldi, 637
(51) 3574-9221
De segunda a sábado, das 9h às 20h

ONE DAY SPA
Oferece programas de emagrecimento que combinam terapias estéticas com orientações nutricionais e de condicionamento físico. Há opções de um dia até cinco semanas.
Rua Silva Jardim, 304
(51) 3061-8281
De segunda a sábado, das 8h às 20h. Sábado, das 8h às 17h

CONFRARIA KERO FOOD TRUCK
Opção de lanche e refeições rápidas com zero glúten e zero lactose. Fez sucesso em feiras de food truck e agora se estabelece com ponto físico.
Rua Silva Jardim, 32
(51) 9734-5791
De terça a sábado, das 14h às 22h

 Veja Mais
:: Dia do Veganismo: marcas, café e points de Porto Alegre sem nada de origem animal
:: Não ocupam espaço e são fáceis de cuidar: veja as hortas e plantas suspensas

Leia mais
Comente

Hot no Donna