Conheça o Vinder, o “Tinder” que une vegetarianos, veganos e simpatizantes

Nem todo amor é carnal (nos desculpem pelo trocadilho) e uma iniciativa quer provar isto. Um aplicativo promete aproximar vegetarianos e veganos que buscam conhecer outros adeptos. O Vinder funciona como uma espécie de “Tinder” para aqueles que aderiram ao veganismo e vegetarianismo. Por enquanto, os usuários de iOS e Windows Phone terão de esperar um pouco. O app está disponível apenas para celulares com o sistema operacional Android.

:: Como ser vegano na terra do churrasco
:: Livro reúne receitas de hambúrgueres sem carne

Segundo o portal vegano Vista-se, a ideia surgiu durante uma brincadeira no grupo Ogros Veganos no Facebook (aliás, o app já tem página por lá). Os participantes começaram a publicar seus pratos (vegetarianos, claro) prediletos e as pessoas que dividiam a mesma preferência se manifestavam — então acontecia o match (combinação, em inglês). O jogo ganhou o nome de Vinder. No meio disto, alguém sugeriu que a diversão fosse transformada em aplicativo. E a estudante paulistana Carolinne Pinheiro, 20 anos, decidiu criar.

:: Autora best-seller, Rita Lobo defende que qualquer um pode aprender a cozinhar

— Desde o começo todas as pessoas estão participando do desenvolvimento do Vinder com sugestões e até mesmo críticas. Queremos continuar fazendo o Vinder acontecer junto com todo mundo contou.

1

Ela, que é aluna de Gestão em Políticas Públicas da USP, desenhou e, com a colaboração do desenvolvedor brasiliense Mateus Brandão, fez a programação do Vinder.

A ideia se assemelha ao funcionamento do Tinder, velho conhecido dos brasileiros. O aplicativo busca pessoas em um raio de até 300 km. Se houver outro usuário nesta área, o app mostra. A partir daí, é possível conhecer um pouco mais sobre a pessoas e visualizar fotos do usuário. Se rolar uma atração, basta clicar no “coração verde”. Se não rolar, é só clicar no “x” e partir para a próxima. Se a outra pessoa também gostar, então se tem o match e os veggies podem trocar mensagens.

vinder

Para logar no app. tem que ter perfil no Facebook

Antes de lançar o aplicativo, a estudante criou um pré-cadastro de usuários e em duas horas, mais de mil pessoas haviam se inscrito. Cerca de 24 horas depois do lançamento, 600 pessoas haviam se cadastrado no Vinder.

Mas a criadora planeja fazer com que o aplicativo não seja uma mera ferramenta para romances. Ela pretende transformar o Vinder em uma rede social com informações sobre marcas e produtos para ajudar quem está começando a aderir o estilo de vida vegano. E isso vai acontecer bem rápido se depender dela,  que até março quer disponibilizar o aplicativo para iOS e Windows Phone.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna