Amor em série: 12 casais da TV para celebrar o amor neste 12 de junho

Do amor improvável ao casal que só (re)conhecemos juntos ou ainda aqueles pelos quais torcemos e choramos, a ficção nos presenteia com romances inesquecíveis. Se todo Jack tem sua Rose e todo Náufrago tem seu Wilson no cinema, não poderia ser diferente na TV.

Para os amantes de séries, montamos uma lista especial com nossos casais favoritos – ou que, pelo menos, serviram de motivo para terminarmos a temporada.

Tem romance proibido, namoro antigo, amizade colorida e, claro, personagens que não medem esforços para fazer o outro feliz. Se for passar o Dia dos Namorados sozinha(o), não hesite: eles podem se tornar sua nova melhor companhia. Prepara a pipoca e confira.

1 | Margie e Homer Simpson (Os Simpsons)

Marge e Homer Simpson formam um dos casais mais antigos e queridos dos desenhos animados. Sob o mesmo teto desde 1989, eles são o típico casal norte-americano, em que o homem não convive tão bem com as cunhadas e as latinhas de cerveja já são parte do cenário da casa. Com três filhos – Bart, Lisa e Maggie – o casal chegou a anunciar divórcio em 2015, período em que Homer se envolveu com uma farmacêutica. Para a felicidade dos fãs, o núcleo familiar foi reestruturado para a 28ª temporada.

2 | Lorelai Gilmore e Luke Danes (Gilmore Girls)

Eles são o típico casal que nos faz acreditar: os opostos realmente se atraem. Desde os primeiros episódios da série, o reservado Luke demonstra interesse pela espevitada Lorelai. Ele é dono da lanchonete que tem o melhor café da pequena Stars Hollow, e ela é apenas viciada na bebida. Os dois demoram algumas temporadas para engatar o namoro, para desespero dos fãs – e terminam a série separados. Mas o final feliz finalmente veio nove anos depois, durante o revival da série no Netflix, ano passado: reencontramos Lorelai e Luke morando juntos e dividindo a vida como todo aficionado pelo seriado imaginou – e o desfecho dos episódios especiais não poderia ser mais lindo!

3 | Lily Aldrin e Marshall Eriksen (“How I Met Your Mother”)

Lily e Marshall podem não ser as personagens principais da trama, mas que formam o casal mais fofo de How I Met Your Mother, isso sim. Se Marshall faz o tipo infantil e desajeitado, Lily é o completo oposto. Juntos desde a faculdade, os autores da Teoria da Azeitona são, além de namorados, melhores amigos. Embora algumas escolhas separem o casal em certos momentos da série, é claro o apoio incondicional que dão um ao outro.

4 | Meredith Grey e Derek Shepherd (Grey’s Anatomy)

Já no primeiro episódio do drama médico, acontece o encontro do casal que arrancou (muitas!) lágrimas ao longo de 13 temporadas. Meredith, então uma das novas internas do hospital Seattle Grace, conhece por acaso um cara no bar – que era Derek, um dos neurocirurgiões mais conceituados da região. A trama acompanha todas as fases do relacionamento do casal de médicos, do namoro turbulento ao casamento, com direito à três filhos.

ALERTA SPOILER! Shonda Rimes, autora da série, infelizmente reservou um final trágico para o amor dos dois: Derek acaba morrendo em um acidente de carro no fim da 11ª temporada.

5 | Fox Mulder e Dana Scully (“Arquivo X”)

Segundo o criador de Arquivo X, Chris Carter, os agentes do FBI Fox Mulder e Dana Scully significavam dois lados dele mesmo: um acreditava em fenômenos paranormais (Mulder), o outro era cético (Scully). Nem aí para metáforas, os fãs viviam shippando o casal. Depois de muitos “quase”, os dois se beijaram em um episódio de réveillon na sétima temporada e, entre uma e outra abdução, quase viveram felizes para sempre. Após 14 anos, quando a série retornou para o revival de uma temporada em 2016, os personagens estavam separados.

6 | Alex Vause e Piper Chapman (“Orange is the New Black”)

Unidas pelo crime e pelo amor que vai além da solitária, o reencontro de Piper Chapman e Alex Vause ultrapassou os limites de fofura permitidos em Lichtfield. Entre brigas, acusações e reconciliações, o casal é capaz de criar as mais complexas armações mesmo dentro da prisão. Embora tenha sido Alex a mentora do grande plano que colocou as duas atrás das grades, Piper não deixa a desejar no quesito “mente criminosa”.

7 | Frank e Claire Underwood (“House of Cards”)

A dinâmica do casal presidenciável de House of Cards, Frank e Claire Underwood, pode chocar audiências mais pudicas. Mais do que marido e mulher, eles são cúmplices e tão despudorados em seu relacionamento quanto são nos bastidores da política. Há espaço, inclusive, para envolvimentos de terceiros com a conivência ou até participação das duas partes. Uma bacanice fora das telas: ciente de que Claire era tão importante quanto Frak, a atriz Robin Wright pediu e levou um salário tão alto quanto o do ator Kevin Spacey.

8 | Carrie Bradshaw e Mr. Big (“Sex and the City”)

A apaixonada Carrie foi para Nova York com um propósito: encontrar o amor. E, bem, ela até encontra, mas a história de vai e vem com John James Preston, o Mr. Big, divide opiniões – tanto de Samantha, Charlotte e Miranda, suas melhores amigas, quanto dos fãs. Preston não é lá muito fã de compromisso sério, algo fundamental para a escritora. Entre idas e vindas, o casal chega a ficar longos períodos de tempo separados: Carrie engata, inclusive, um namoro com o romântico Adam. No primeiro dos dois longas que sucedem o seriado, rola o conturbado casamento dos dois – com final feliz!

9 | Cameron e Mitchell (“Modern Family”)

Mitchell é um advogado todo certinho e tímido. Cameron é exagerado e divertido. E essa mistura não tinha como dar mais certo! No divertido sitcom Modern Family, o casal adota uma garotinha, a esperta Lily. Cam adora inventar mil performances ao lado da pequena: vale shows na sala de casa e fantasias. Sabe aqueles casais que você tem vontade de ter no seu grupo de melhores amigos? São eles!

10 | Leonard e Penny Hofstadter (“The Big Bang Theory”)

O casal mais improvável da ficção é a prova de que os opostos podem mesmo se atrair. Se morar porta à porta foi destino, o romance dos dois já estava escrito nos livros de ciência de Leonard. Enquanto ele era o “nerd irremediável” do enredo, Penny, a “vizinha-loira-bonita”, não poupava os amigos do apartamento ao lado de suas dúvidas e perguntas estranhas. O mais bacana é que o romance foi além da ficção: os atores namoraram na vida real durante o mesmo período do envolvimento no seriado.

11 | Rachel Green e Ross Geller (“Friends”)

Friends foi um grande sucesso por vários motivos: um deles é que a gente começou a torcer logo de cara para que Rachel e Ross começassem a namorar e depois adorou vê-los juntos. Mas durou pouco: logo eles brigaram, e tudo o que os fãs queriam era que ela acreditasse que ele só a havia ficado com outra porque “ELES ESTAVAM DANDO UM TEMPO!”. E aí esperamos pacientemente até o último episódio para vê-los reatarem. O paleontólogo nerd e a fashionista cheia de vontades formaram um dos casais mais queridos da TV: prova de que o amor pode estar bem ao lado, temporadas ao fio.

12 | Olivia Pope e Fitzgerald Grant (“Scandal”)

Mais um casal criado por Shonda Rhimes para arrebatar nossos corações. No drama político Scandal, Olivia Pope é uma ex-consultora de mídia que trabalha defendendo a imagem de personalidades públicas. Depois de trabalhar na campanha presidencial de Fitzgerald Grant, que se torna na trama o presidente dos Estados Unidos, o casal se apaixona – e é quando começa o drama. Fitz tem um casamento conturbado com Mellie, que faz de tudo para exterminar Olivia de sua vida.

Leia mais
:: 10 lugares para um jantar romântico em Porto Alegre
:: Saiba como criar um clima romântico na decoração da casa
:: Dicas de presentes para ele e para ela (e sugestões para curtir a dois)

Leia mais
Comente

Hot no Donna