Curtindo o Rio de Janeiro: “cariúchas” dão dicas para aproveitar o melhor da cidade

Debora Tessler aprecia o visual de cima do morro (Foto: Laura Bier Moreira)
Debora Tessler aprecia o visual de cima do morro (Foto: Laura Bier Moreira)

Se os gaúchos não perdem a chance de ir ao Rio, imagina em tempos de Olimpíada? Mas, muito além dos cartões-postais, o legal é aproveitar a Cidade Maravilhosa à moda carioca. Então, pedimos a três gaúchas que mudaram-se para lá de mala e cuia dicas do que há de novo e legal para curtir a natureza, badalar e ir às compras. Elas indicam passeios ao ar livre e bares descolados. E, na hora de encarar as vitrines, um consenso: as três recomendam achados em Ipanema.

Por Débora Tessler
Empresária, 34 anos, mora há um ano e meio no Rio 

Curtir a natureza

Um dos pontos que determinou a minha ida para o Rio foi a natureza exuberante da cidade. Entre aulas de funcional na beira da praia (sim, com os pés na areia!) e caminhadas diárias na Lagoa – que dá 7,5 quilômetros de muita paisagem linda –, sempre tive a vontade de fazer trilha. Com uma amiga pilhadaça em solo carioca, rolou a oportunidade: fizemos a trilha do morro Dois Irmãos. A ideia era ver o nascer do sol lá do topo, mas para isso tivemos que madrugar. Contratamos um guia que foi show: sem ele a gente não teria as barbadas – e talvez nem a coragem. Nos encontramos na entrada do Vidigal às 4h45min. Subimos de Kombi até a entrada da trilha. Dá para subir de mototáxi também. A subida da trilha, no escuro, leva uns 45, 50 minutos. Quando bateu 6h, a gente chegou no topo do morro. Ver a cidade acesa lá de cima é algo incrível: a Lagoa tem formato que lembra um coração. É uma experiência incrível, de renovação de energias.

Fazer compras

A dica é caminhar pelo quadrilátero fashion de Ipanema. Ali entre as ruas Maria Quitéria, Joana Angélica, Garcia D’Avila e Aníbal de Mendonça. É o coração de Ipanema, com muitas lojas de rua. Uma delícia caminhar, visitar as lojas, tomar um café ou um suco. Eu adoro estar na rua. Se a pedida for shopping, vale visitar o Village Mall, na Barra. É incrível e recheado das grandes marcas. Minha outra dica é visitar o rooftop do Village. Tem uma vista linda, mesinhas e sofás confortáveis que pedem por um brinde.

Para badalar

Minha sugestão é o Canastra Bar. Fica em Ipanema, bem em frente à saída do metro General Osório. O acesso é fácil, o ambiente é totalmente informal. Abre às 18h30min e são poucas mesas na rua. Quem não senta por ali fica em pé na calçada mesmo ou na rua. É uma mescla interessante de pessoas. A noite forte é às terças. Bem legal para ver e ser visto. Aliás, é neste dia que as ostras frescas entram no cardápio. O Canastra é um bar daqueles que é só uma portinha. Os sócios são três franceses apaixonados pelo Rio. A dica é chegar cedinho para pegar uma mesa, pedir um vinho (minha pedida é sempre o tinto Gaucho Macho) e a burrata. Uma noite descontraída e de rua, bem com o espírito carioca.

O canastra bar, preferido da empresária.

O canastra bar, preferido da empresária Débora Tessler

Por Fran Hochmuller
Jornalista, diretora da Hochmuller Multimídia. 35 anos, mora há oito no Rio

Curtir a natureza

A Base Sports Club é o novo point carioca para amantes de esportes aliados à natureza. Localizada numa casa superbacana no Joá, você pode se aventurar no waterflight ou no wakeboard ou ainda fazer uma travessia divertida até as Ilhas Tijucas ou dar uma remada relaxante de stand up paddle.

fran_arquivopessoal

Para badalar

Localizado no Centro de Ação e Cidadania, o Biergarten Rio promete reunir todas as tribos no coração do Porto Maravilha (área revitalizada da zona portuária, no centro do Rio). O gastrobar traz com um conceito diferente, com clima informal, jogos passando em telões gigantes e as melhores festas da cidade, como Baile do Zeh Pretim. O Yndú foi reinaugurado no Leblon e tem um clima meio indiano, com vários lounges, musiquinha  de pub, drinks maravilhosos e esta reunindo a galera bem cool do Rio.

Para compras

Um tour pelas ruas de Ipanema é sempre interessante. Ali você encontra a Urban Arts Rio, para quem gosta de arte, a casa conceito da sandália Ipanema, marcas locais como a Bazis e Via Mia até as badaladas grifes internacionais como Louis Vuitton e a recém-inaugurada Hermès.

Por Jaqueline Prandini
Relações públicas. 34 anos, no Rio desde 2014

Foto: Arquivo Pessoal

Jaqueline testou e aprovou a trilha do morro da urca. Como recompensa. a paisagem acima (Foto: Arquivo Pessoal)

Para Badalar

Um lugar para curtir a noite e com uma vista linda do Rio de Janeiro é o Mirante do Arvrão, no morro do Vidigal. É um hotel supercharmoso onde rolam várias festas. Confira a programação e a festa do dia. Minha sugestão é a Sambinha, com roda de samba tipicamente carioca. Anota aí: dia 13 de agosto vai rolar mais uma edição em ritmo de Olímpiada. Pra galera que curte música eletrônica, minha  dica é o Le Grande Halle, espaço criado dentro da Sociedade Hípica Brasileira, na Gávea. Esse espaço é a casa da França nas olimpíadas  que trará o projeto Le Club com várias festas produzidas pelo Café de La Musique, Privilège Brasil e Pacha. Anota aí: sábado, 13/08, Café de La Musique.

Fazer compras

A Rua Visconde de Pirajá, em Ipanema, é o lugar perfeito para compras na Zona Sul. São várias opções de grifes cariocas como Farm, Osklen, Salinas e Blue Man – além de dezenas de lojas com roupas artesanais e coleções exclusivas de estilistas do Rio. Na pausa das compras, sugiro um açaí no Balada Mix, na Rua Aníbal de Mendonça. Uma delícia.

Curtir a natureza

Que tal uma trilha no Morro da Urca? É bem fácil de fazer e leva aproximadamente 30 minutos. O início é pela Praia Vermelha e, chegando lá em cima, é possível pegar o bondinho e ir até o Pão de Açucar. Nem preciso dizer que a vista é sensacional, né? Na minha opinião, uma das mais bonitas do Rio de Janeiro. Minha dica é fazer a trilha na parte da tarde e programar a descida em tempo de curtir o pôr do sol na muretinha da Urca. O lugar é superastral, cheio de gente bonita, com o clima perfeito para tomar uma cervejinha e descansar. Como lugar para curtir a natureza no Rio é o que não falta, vai mais uma dica para a galera que curte praia e sol: a Prainha. Fica entre o Recreio dos Bandeirantes e Grumari, na Zona Oeste do Rio. Mas vale a pena o deslocamento.

Leia também
:: 4 sugestões de viagem para fazer sozinho, a dois ou com os amigos

:: Pelo mundo: apresentadora Titi Müller compartilha dicas para quem gosta de viajar
:: Férias à vista? Dicas de como economizar na hora de fazer o câmbio

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna