Sem medo de errar no décor: nude é tendência para móveis e objetos

Até mesmo quando se opta pelo estilo neutro a personalidade dá o tom na decoração. Os tons nudes, que fazem bonito na moda e nos cosméticos, também vieram para ficar no design de móveis e na decoração, criando, ao lado do branco e do cinza, o time dos que resistem aos modismos e aos projetos “datados”.

E a paleta de nudes passa por transformações conforme os catálogos de tintas e padrões de tecidos vão surgindo, oscilando entre os beges com um pouquinho de verde (o fendi de que tanto se falava há 10 anos) até matizes levemente rosados. Como ponto-comum, a certeza de que os meios-tons estão em alta, e muito, no ano de 2017.

Leia mais:
:: Saiba quais são as cores de 2017 para a decoração: o que combina com a sua casa?
:: Veja como usar o verde Greenery na decoração

Para o estúdio de 43 metros quadrados acima, as arquitetas Joana Deicke e Maria Manoela Bento Pereira apostaram sem medo neste estilo de monocromático – um leve ton sur ton apenas imprime uma sensação de movimento.

– Além da tendência, podemos dizer que a escolha por esses tons tem muito a ver com a questão econômica. Tanto a chance de errar quanto a de enjoar dos móveis reduz muito quando se opta por uma nuança como esta – diz Joana.

A dupla listou mais algumas vantagens que podem servir de desempate no momento de optar ou não por um meio-tom para casa:
• Espaços pequenos sempre são valorizados por cores mais claras.

• Os meios-tons são diretamente influenciados pela iluminação. Lâmpadas amareladas aquecem o visual.

• É possível, dentro da mesma paleta, pensar em diferentes texturas de forma bastante simples: ao alternar melamina, laca e vidro pintado já se cria um belo efeito no móvel.

• Dá para manter o padrão monocromático e apenas brincar com o contraste entre foscos e brilhosos.

 

Entre muitas opções de tinta, um exemplo delicado é a Radisson 541-1, encontrada no catálogo da PPG Tintas Renner

 

NudeRenner

A nova coleção da Bobinex, batizada de Relevos, traz várias nuanças de bege

NudeBobinex

 

NudeBobinex2

 

Neste projeto, as arquitetas Joana Deicke e Maria Manoela Bento Pereira escolheram os tons de bege: piso mineral e, nos móveis, a laca alto-brilho padrão sisal e a melamina tom Cydonia (ambas da Todeschini)

NudeDeicke

Design autoral também se rende ao nude. Na Maiora, destaca-se a poltrona Bag, assinada por Bruno Faucz

NudeFuacz

Leia também:
:: Tendências de decoração que marcaram 2016 e devem permanecer em 2017
:: Madeira pínus ganha status na decoração: saiba como usar a tendência em móveis

Leia mais
Comente

Hot no Donna