Total jeans: veja como aplicar a tendência das passarelas na decoração da sua casa

Um clássico da moda: a tendência das passarelas e das vitrines também dá as caras na decoração. O queridinho da temporada 2017 é o azul-jeans. Os matizes índigo e acinzentado das estações passadas abriram o caminho para a paleta azulada cair nas graças dos produtos para casa, de móveis a cores nas paredes.

Para este inverno, alguns lançamentos não apenas se apropriam do tom como também trazem a textura do material, como em jogos americanos, almofadas e revestimentos de poltronas. Ideias de como incluir essa tendência na decoração não faltam.

00c4dbd2

00c4d3ca

A coleção Indigo Blue, da Naturalle Fashion, vem com uma lavagem que confere às peças um toque macio. No site da marca é possível ver um enxoval quase completo com o uso de jeans

No divertido site da UATT, a almofada é uma opção para entrar na moda

O jogo americano da Copa&Cia tem até um bolsinho para talheres

00c4d3cc

Detalhe de um papel de parede da Papel Decor, com textura entre o jeans e o linho

00c4d3c9

Inspiração: a coleção de inverno da MMartan traz esse modelo de matelassê de cetim
que pode compor com propostas jeans, unidos pelo efeito ton sur ton

A cúpula do abajur da Dafiti ganhou um lindo contraste com a base vermelha

00c4d3c7

Para ambientes descolados, esta peça da Futon Company é a cara do inverno 2017

Pátio o ano todo

Com a chegada do frio e o aumento das chuvas, não faltam dúvidas
de como escolher os móveis de jardim

Cada material tem a sua beleza e também os seus cuidados necessários. Para áreas externas ou sacadas sem janelões de vidro, pensar na manutenção e na durabilidade pode ser determinante na escolha dos móveis. Com a tecnologia disponível, os materiais estão cada vez mais resistentes à chuva e ao sol forte, ficando com aspecto de novo por muito mais tempo. E o design acompanha, trazendo formas para todos os gostos. Confira as dicas da arquiteta Natasha Tellini Vontobel para fazer as suas escolhas:

Fibra

00c4dba4

A versão sintética é resistente, mas é preciso cuidado na manutenção – use um pano úmido e sabão neutro, deixando de lado produtos abrasivos. Já as fibras naturais, apesar de lindas, devem ser destinadas apenas a varandas cobertas ou sacadas, pois não resistem se muito expostas ao ar livre

Plástico

00c4dba5

É preciso ter cuidado com o ressecamento – o ideal é deixar exposto ao sol o mínimo possível para o desgaste ser menor. Além do preço muitas vezes em conta, tem a questão estética: já são encontradas versões com um design caprichado

Alumínio

00c4db67

São modelos leves e resistentes ao sol e à chuva, não tendo, assim, problemas de corrosão. A pintura eletrostática ajuda a não perder a cor

Madeira

00c4db59

Imprime aconchego e gera um belo impacto quando mesclado a espécies naturais. Se bem conservadas, as peças podem durar mais de 20 anos. O cuidado na escolha é optar por madeiras de lei como carvalho, cerejeira, teca ou cedro. É recomendado fazer aplicação de um acabamento protetor uma vez por ano para manter o visual em dia

Confira outras dicas de decoração
:: Cozinha além do branco: confira dicas para deixar o ambiente mais colorido e alegre
:: Donna da Casa: quatro dicas para inovar no criado-mudo 
:: Confira 6 dicas de Micaela Goés, do Santa Ajuda, para organizar a área de serviço

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna