Donna Indica: 4 seriados na Netflix para fazer maratona nos feriados e fíndis

Nas férias, finalmente sobra tempo para se jogar nas séries. Se você está em busca de uma para chamar de sua, vão aí quatro boas opções da Netflix que me prenderam no sofá

Marcella

Marcella

Logo de cara o primeiro episódio revela: estamos diante de uma personagem em um dos piores momentos de sua vida. O casamento de Marcella acaba de chegar ao fim, e ela quer desesperadamente entender por quê. Nesse delicado momento, a ex-policial descobre que o serial killer que havia perseguido sem sucesso no passado pode estar de volta. Então, 11 anos depois, pede para voltar ao trabalho e tomar parte na força-tarefa que tenta resolver o caso. Enquanto transcorre a investigação, Marcella segue em conflito com o agora ex-marido e tendo lapsos de memória que a fazem temer pelo que ela possa andar aprontando. Comecei há pouco, mas parece promissora!

  • Primeira temporada disponível

The Crown

the crown

Órfã de Downton Abbey, me joguei em The Crown – e adorei. Não só eu: a atração que conta a vida da Rainha Elizabeth II levou o Globo de Ouro de melhor série de drama e de melhor atriz para a Claire Foy (se você é tão fã de produções britânicas quanto eu, vai lembrar dela como Little Dorrit). Na tela, conhecemos a jovem Elizabeth, prestes a se casar – por amor! Mas a lua de mel dura pouco: a morte do pai faz dela rainha do Reino Unido logo em seguida. A partir de então, Elizabeth precisa aprender a reinar, enquanto tenta administrar a insatisfação do marido, que tem um papel figurativo na corte. Some a tudo isso a ótima participação de John Lithgow como Winston Churchill, uma reconstituição de época primorosa e a chance de lançar um novo olhar sobre a mulher que está há mais de 60 anos no poder. Além de curtir um momento voyeur vislumbrando a intimidade da família real.

  • Primeira temporada disponível

Designated Survivor

Designated survivor

Eu havia desistido da série The OA depois de ver dois episódios sem muita empolgação, quando uma amiga deu a dica: Designated Survivor. Valeu a pena. Vi três capítulos direto em uma mesma noite. Na trama, o secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano dos EUA é o “sobrevivente designado” da vez, ou seja o representante da Casa Branca que fica em local protegido caso o pior aconteça durante um evento que reúne todo o resto do governo. E o pior acontece, com direito a bombas no Capitólio. Cabe, então, a Tom Kirkmann (Kiefer Sutherland) assumir o poder em meio à crise. Detalhe: ele havia sido convidado a se demitir naquela mesma manhã. A trama ágil conta com intrigas palacianas, complôs, investigação policial e dramas familiares. Um bom aperitivo até chegar a nova temporada da arrasadora House of Cards.

  • 10 episódios da primeira temporada disponíveis – outros 12 devem estrear em março

The Fall

The fall

Jamie Dornan tem bem mais talento dramático do que o filme erótico-soft 50 Tons de Cinza pode sugerir. Basta ver The Fall. Na trama que estreou a terceira temporada em outubro na Netflix, ele interpreta um serial killer que, entre um assassinato e outro, leva uma vida aparentemente pacata ao lado da família na Irlanda do Norte. A investigação dos crimes que chocam o país caberá à obstinada policial interpretada por Gillian Anderson: em um registro completamente diferente da Danna Scully, de Arquivo X, Stella Gibson é uma mulher que desconcerta os homens por ir direto ao ponto, inclusive nas conquistas. A relação que se estabelece entre o assassino e a detetive é o ponto alto da série britânica, que faz jus à tradição de personagens complexos e bem construídos.

  • Três temporadas disponíveis

Leia mais
:: 5 comédias românticas para você ver na Netflix durante o feriado
:: Personagens femininas da Netflix enviam cartas para suas versões adolescentes
:: 7 coisas das quais matamos a saudade com o revival da série Gilmore Girls na Netflix

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna