Entrevista: Rita Lobo lança coleção de louças e fala sobre o prazer de uma mesa bem posta

Foto: Acervo Panelinha
Foto: Acervo Panelinha

Rita Lobo pode ser definida de diferentes formas, passando por um trabalho em diferentes plataformas em nome da alimentação saudável e a sua luta pela volta do prazer de cozinhar e do consumo de comida “de verdade”. Nas suas próprias palavras, também se declara como “a louca das louças”, a ponto de seus mais de 20 anos de garimpos mundo afora chamar a atenção do fiel público que a acompanha na TV, no YouTube e nas redes sociais.

No último final de semana, durante da feira Abup Home & Gift, em São Paulo, ela apresentou a Coleção Especiarias, a primeira do Acervo Panelinha. Voltada para negócios e lojistas, a feira deu um aperitivo das peças que devem chegar às lojas nos próximos meses. E Rita contou para as leitoras da Revista Donna todas as novidades.

Fazer as refeições à mesa é uma decorrência natural da retomada do hábito de cozinhar?
Comer à mesa, prestando atenção na comida, faz parte de uma alimentação saudável. E é fácil de entender os motivos, basta pensar no oposto: comer vendo televisão, trocando mensagem no celular, de olho nas redes sociais. A última coisa em que você vai prestar atenção é na comida. Uma mesa caprichada ajuda a manter todos sentados durante as refeições.

Foto: Acervo Panelinha

Foto: Acervo Panelinha

As formas orgânicas estão na moda. Foi uma feliz coincidência você também gostar e elas surgirem na Coleção Especiarias?
No século 19, as cerâmicas com formas orgânicas eram puramente artísticas, decorativas. Quando se tornam faianças utilitárias, peças para serem usadas no dia a dia, historicamente, conferem à mesa um toque de humor. É exatamente isso que gosto nessas formas: são atemporais e bem-humoradas. No caso da primeira linha que criei para o Acervo Panelinha, elas ainda temperam a mesa. As cores são inspiradas em especiarias: páprica, cúrcuma, pimenta-rosa, noz-moscada, sumagre e canela estão na coleção.

Foto: Acervo Panelinha

Foto: Acervo Panelinha

Você viaja bastante e sempre procura ampliar seu acervo. Com que lugar do mundo sua coleção combina?
Brinco com as minhas amigas que uma das linhas mais importantes do orçamento da minha empresa é a de aquisição de acervo (risos). Todo ano viajo para comprar louças (e comer, claro!). E faço isso há 20 anos. Marrocos, Japão, Itália, Portugal. As mesas mais interessantes são as que têm peças garimpadas, com formas e cores diferentes, mas que compõem um clima harmonioso. Percebo que as pessoas adoram as minhas louças, mas não sabem como fazer o mix nem o garimpo. Fiz isso pra elas: as louças dos kits de mesa são diferentes umas das outras, mas combinam entre si. São dois formatos: Kit Multiuso para Casal (são 10 peças, ou dois lugares à mesa) e o Kit para Festejar o Dia a Dia (com 30 peças ou seis lugares à mesa). Além disso, a Coleção Especiarias tem sete peças de serviço: três tigelas, três travessas e um prato de bolo com pé.

Foto: Acervo Panelinha

Foto: Acervo Panelinha

Qual “test drive” você já fez em casa com as peças novas?
No perfil do Instagram @acervopanelinha dá para ver vários usos da linha: o prato de bolo vira suporte para um happy hour completo; a caneca de café fica linda para servir caldinho de feijão com espetinho de legumes e queijo coalho; o prato de sobremesa concha deixa a salada com figos lindíssima. A linha é extremamente versátil, e a escolha das cores foi pensada para deixar a comida bonita. Olha que interessante: a cor de louça mais vendida é a azul, que de fato é linda e supertradicional. Mas as cores que deixam as preparações lindas são as mais quentes, como as da Coleção Especiarias.

*a jornalista viajou a convite da Abup Home & Gift

Leia mais:
:: Bronze rosado, rústico e reciclado: dicas de cestos estilosos para organização
:: Confira os cinco erros mais comuns na hora de decorar a sua casa
:: Jarras com design, cores e estampas: veja opções para incrementar os drinks de verão

Leia mais
Comente

Hot no Donna