Inspire-se nos projetos de decoração de Bobby Berk, do reality show “Queer Eye”

Foto: Reprodução/Netflix
Foto: Reprodução/Netflix

Disponível na Netflix desde fevereiro, o reboot da série Queer Eye, que fez sucesso no início dos anos 2000 e foi vencedora do Emmy, apresentou cinco novos “fabulosos” no comando. Dentro de suas respectivas especialidades, os apresentadores gays ajudam homens (quase todos héteros) a melhorar a aparência e a casa. O que lidera a área de design de interiores é Bobby Berk, o carismático fundador de um escritório com sede em Nova York.

Em oito episódios, a apresentação das casas transformadas mostram cenas emocionantes. E, embora pensada a partir de participantes homens, a criação dos ambientes atendia a pedidos como: agradar à família, receber melhor a namorada ou, em alguns casos mais críticos de bagunça, ter um lugar bacana para receber futuras pretendentes sem medo.

São projetos muito estilosos, que dispensam gênero. Selecionamos alguns ambientes, destacando quais
as tendências escolhidas por Bobby.

A sala do episódio 2 foi uma das campeãs de tendências (foto acima). Os tijolos foram pintados de branco, as paredes têm intervenções como a pintura de uma faixa preta e jogo de quadros coloridos (de acordo com a moda que remete a uma galeria de arte). Veja o sofá: além da cor cinza, exibe almofadas com estampas geométricas.

Foto: Reprodução/Netflix

Foto: Reprodução/Netflix

O pátio da casa do primeiro episódio era totalmente abandonado. Além de levar móveis e churrasqueiras portáteis, o designer conferiu muito estilo com a iluminação: luminárias estilo espeto cravadas na terra e modelos tipo corda (ou festão), práticos por não demandarem pontos elétricos extras.

Foto: Reprodução/Netflix

Foto: Reprodução/Netflix

A cozinha do terceiro programa é um charme. Tem um móvel de família usado como bar (à esquerda na foto), banquetas modelo Tolix, um dos ícones franceses do design industrial, e caixas de feira nos armários com rodinhas – tipo aqueles usados para apoio no churrasco. Fácil de copiar em casa.

Foto: Reprodução/Netflix

Foto: Reprodução/Netflix

Esta sala foi pensada para as crianças – no quinto episódio, a transformação foi feita em um pai de família com seis filhos. As paredes e o teto foram pintados de branco, e uma paleta clarinha entrou em cena, com branco, off-white e azul. Também chama a atenção o uso de fibras, um material de manutenção fácil.

Foto: Reprodução/Netflix

Foto: Reprodução/Netflix

A madeira clara com proposta escandinava deu o toque contemporâneo no quarto no episódio 7. Para quem tem parede com madeira e está enjoada, uma pintura pode neutralizar o efeito – Bobby elegeu um tom de azul, que ficou lindo com o vermelho-alaranjado dos tecidos e do frigobar.

Leia mais:
:: Volta às aulas: dicas de luminárias para seu cantinho de estudos
:: Bronze rosado, rústico e reciclado: dicas de cestos estilosos para organização
:: Confira os cinco erros mais comuns na hora de decorar a sua casa

Leia mais
Comente

Hot no Donna