Mulherzinha? Campanha questiona o que significa fazer coisas como menina

Qual o problema de ser uma menina? Quando se é uma menina, nada mais justo que fazer “coisas de menina como uma menina”. E olha que tudo isso já está batido, afinal, hoje em dia, todos fazem de tudo, sem dar importância ao gênero. A intensidade do sentido pejorativo de “ser menina” foi o que alimentou a nova campanha da Always, marca de absorventes.

:: Insegurança e aceitação: quem é a mulher real de verdade?
:: Celebridades se unem para encorajar mulheres que almejam e ocupam cargos de liderança

Com meninas e meninos, o vídeo questiona o que é agir, correr,  rebater e ser uma menina. A primeira reação dos personagens é interpretar a mulher estereotipada como fraca, delicada e frágil. Ao que a produção do vídeo aborda por um outro viés.

O vídeo é realmente emocionante e acende questionamentos em mulheres e homens:

Assim como o menino que tenta proteger a irmã ao afirmar não ter agido para atingi-la, mas sim às “outras meninas”, muitas vezes acabamos nós mesmas interpretando da maneira negativa, talvez pela criação e pela cultura. A mudança de significado será gradual, mas com marcas que valorizam esta outra visão, se tornará mais fácil.

Confira algumas fotos já compartilhadas no Instagram com a hashtag #LikeAGirl:

Leia mais
Comente

Hot no Donna