O Melhor Daqui: de moda a gastronomia, um passeio por lugares imperdíveis em Livramento e Rivera

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação
Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Visitar Santana do Livramento, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, é viver uma experiência “braguaia”. A mistura harmoniosa entre Livramento e Rivera faz com que as cidades se complementem da gastronomia às opções de lazer, que vão muito além das compras nos free shops. Nesta semana, a série O Melhor Daqui apresenta um roteiro com dicas que passam pela boa mesa, por passeios culturais e moda. Saiba o que vale a pena conferir de perto por lá.

Leia mais
:: O Melhor Daqui: de moda a gastronomia, um passeio por lugares imperdíveis de Canoas
:: O Melhor Daqui: De moda a gastronomia, um passeio por lugares imperdíveis de Caxias do Sul
:: O Melhor Daqui: De moda a gastronomia, um passeio por lugares imperdíveis de Pelotas

Para vestir

Looks da Fronteira

Foto: Edgar Leites/ Divulgação

Foto: Edgar Leites/ Divulgação

Quem conversa com Natalia Romero, 35 anos, dona do ateliê que leva seu nome, nem suspeita que a uruguaia passou longe da moda quando tomou sua primeira decisão sobre carreira. No país vizinho, optou por cursar Contabilidade, uma profissão mais “tradicional”, diz ela:
– Mas o gosto pela moda falou mais alto. Daí, decidi largar as Ciências Contábeis e estudar no Brasil, em Caxias do Sul.
Formada em Design de Moda pela UCS há seis anos, em 2014 ela abriu seu ateliê em Rivera. Só que o espaço atende mais brasileiras do que uruguaias, inclusive de outras cidades, como Quaraí, Rosário do Sul, Santa Maria e Bagé. O foco de Natalia é a alta-costura, com vestidos de noiva, de festa e de 15 anos.
– Me defino como romântica e clássica. Minha última coleção tem foco em materiais como a renda e o tule – explica a designer.

@designdemodanataliaromero
• Rua Paysandu, 1.017, em Rivera
• (598) 9965-3501

Feito à mão

Foto: Ana Luisa de Pauli, Divulgação

Foto: Ana Luisa de Pauli, Divulgação

Foto: Ana Luisa de Pauli, Divulgação

Há três anos, Ana Luisa de Pauli, 56 anos, decidiu criar bijuterias que combinassem com seu estilo e traduzissem o clima da Fronteira. As amigas começaram a encomendar peças e o boca a boca ajudou a divulgar as criações de Ana, pelotense radicada em Livramento
há quase 30 anos:
– Meu ateliê é na minha casa, e o Instagram ajuda na divulgação. Não sei se penso em abrir uma loja, mas em ampliar o ateliê, sim.
Hoje, sua produção passa por colares, pulseiras, bolsas e pashminas. Couro, metal, lã e pérolas estão entre os materiais mais usados.
– Tento trazer um pouco do perfil da região. Uso muito couro em bijuteria, reaproveitando aquilo que é descartado – diz Ana.
As peças, em sua maioria, são feitas artesanalmente e, por isso, são únicas.

@analuisadepauli
• (55) 99989-6212

Leia mais
:: O melhor daqui: de gastronomia a moda, um passeio por lugares imperdíveis em Gramado e Canela
:: O Melhor de Santa Maria: dicas de passeios, achados de moda e gastronomia na cidade

Para comer

Rivera & Casino Resort

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Quem quiser estender o passeio pela Fronteira noite adentro pode conhecer o Rivera Casino & Resort. O hotel quatro estrelas conta com um amplo espaço de entretenimento, que inclui pub, cassino e restaurante. A programação de shows é quase diária, com apresentações de gêneros uruguaios e brasileiros. Há noites dedicadas a ritmos como pagode, axé e rock. O cardápio reúne pratos e lanches – além dos drinks, pedido frequente dos clientes. Para ficar por dentro da agenda de espetáculos, é preciso acompanhar as redes sociais do espaço.

• Avenida 33 Orientales, 974, em Rivera
• (598) 4624-1111
@riveracasinoresort

Lo de Beto

Foto: Instagram/Reprodução

Foto: Instagram/Reprodução

Em Santana do Livramento, tudo acaba em parrillada. Por isso, visitar a cidade e não degustar os cortes de carne da Fronteira é missão quase impossível. Para se deliciar com a comida típica, a dica é conhecer o Lo de Beto, restaurante em Rivera que reúne turistas e moradores para desfrutar da tradicional combinação carne e cerveja uruguaia. Beto Borba, 38 anos, é filho de parrilleros. Há 12 anos, o uruguaio decidiu seguir o ramo da família e abriu seu próprio estabelecimento.
– Fazemos tudo na hora e servimos na mesa. As pessoas vêm visitar uma vez, passam anos sem vir e, quando voltam, sempre comentam que o serviço está igual. O padrão é nosso diferencial – explica a brasileira Jaqueline Reis, 37 anos, esposa de Beto e que também trabalha no restaurante.
Além das carnes, os acompanhamentos também fazem sucesso. Entre os mais pedidos, está o queijo parrillero.

• Rua Ceballos, 1.175, em Rivera
• (598) 4624-6511
facebook.com/Parriladalodebeto

Confitería City

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Na Rua Sarandi, quase na fronteira de Livramento e Rivera, está a confeitaria mais tradicional da região. A Confitería City encanta brasileiros e uruguaios com seus doces, salgados e cafés desde 1945. O empresário Caio Erramun, 54 anos, comanda o espaço há mais de três décadas – o estabelecimento teve outros dois donos. Mesmo com as mudanças de direção, as receitas e o estilo de confeitaria seguem o mesmo padrão dos anos 1940.
– A história de Livramento, de Rivera e da City se confundem. Vimos a Rua Sarandi se transformar, os free shops chegarem – conta o uruguaio.
O carro-chefe da casa são os doces folhados. Mil-folhas e alfajores estão entre os itens mais pedidos, mas os docinhos e as tortas também fazem sucesso.

• Avenida Sarandí, 422, em Rivera
• (598) 4622-3207

Para conhecer

Mix da Fronteira

Foto: Lucas Matheus Fotografia/ Divulgação

Foto: Lucas Matheus Fotografia/ Divulgação

Para Carolina Caceres, 24 anos, não há como fazer música na Fronteira sem se contaminar pelas raízes de Brasil e Uruguai. Seu som flerta com milongas e tangos e bebe da fonte do blues, do rock e do jazz – com influências de Vitor Ramil.
– A Fronteira faz parte do cotidiano e inspira a gente – conta a jovem.
Filha de mãe brasileira e pai uruguaio, Carolina estuda Relações Internacionais, mas se define mesmo como cantora, compositora, guitarrista e violonista. Em sua cidade, Livramento, e em Rivera, é presença constante nos pubs locais – o próximo show será no La Playa, em 19 de outubro – e deve lançar o primeiro disco em 2019. No repertório, canções em português, espanhol, inglês e francês.

soundcloud.com/carolinacaceres
@gccaceres

Armour

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Um dos bairros mais famosos de Livramento é pura história e vale entrar na rota de quem quer conhecer a cidade. O Armour foi construído a partir da chegada da companhia americana homônima no Estado. No início do século 20, a empresa se instalou na cidade e investiu na região, contribuindo para o crescimento de Livramento – foi fundado até um time de futebol ligado ao Armour, que fez sucesso nos campos. O bairro mantém a pegada industrial com os prédios que pertenciam à companhia e as casas de antigos funcionários – hoje, o edifício da extinta gerência do frigorífico se transformou em uma casa de festas, o Solar Dom Pedro. Na região, também está localizado o Clube Campestre.

• Ponto de referência: rua José Fernandes Mendes, 161, em Livramento

Plaza Artigas

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Uma das boas pedidas de Rivera são as caminhadas para conhecer as praças revitalizadas, como é o caso da Plaza Artigas. Próximo da Fronteira, o espaço é arborizado, reúne vários bancos para sentar e tomar chimarrão e ainda conta com uma grande estátua em homenagem ao político e herói nacional José Artigas. Mas o que conquista mesmo os turistas e moradores é o chafariz que promove um show de água e luzes ao ar livre.

• Praça entre as ruas Sarandi­, General José G. Artigas, Monseñor Vera e Agraciada, em Rivera

Vem aí

Complexo Termal Amsterland

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Com inauguração prevista para o primeiro semestre de 2019, o Complexo Termal Amsterland incluirá atrações como parque aquático, centro de compras e hotel. O empreendimento está em construção na localidade conhecida como Cerro do Vigia, a 12 quilômetros do centro de Livramento – a área total supera 24 mil metros quadrados. A expectativa é de que o complexo entre para a rota turística da região.

Dicas da embaixadora

Foto: Julio Cordeiro/ Divulgação

Foto: Julio Cordeiro/ Divulgação

Nossa blogueira Bárbara Zamberlan, autora do Donna Trends, é doble-chapa. Para quem ficou perdido com a expressão, ela quer dizer que, como muitas pessoas da Fronteira, é fruto do amor entre um uruguaio e uma brasileira. Nasceu e morou em Livramento, estudou em Rivera e cresceu nas ruas das duas cidades. Mesmo tendo se mudado aos 17 anos, volta e meia está por lá para curtir todas as delícias que só a Fronteira da Paz pode oferecer. Confira as dicas de programações imperdíveis para quem mora na região e também para quem está visitando a Fronteira.

La Família

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

“Uma ótima pedida é fazer uma pausa nas compras e se deliciar com as opções do La Família – uma mistura de cafeteria com fábrica de massas. O lugar é pequeno e aconchegante, e o grande diferencial é o cuidado em cada detalhe, desde a apresentação das comidas até a qualidade do produto feito por lá. Minha dica é pedir uma pasta frola de dulce de leche (uma espécie de torta com doce de leite) para comer no local, enquanto pede para levar alguns sorrentinos frescos e uma torta salgada de espinafre.”

• Rua Paysandu, 1123, em Rivera
fb.com/lafamiliariverauruguay

Heladeria Fragola

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

Foto: Rivalcir Baluta/ Divulgação

“Dulce de leche granizado, delicia del cielo ou menta granizada? A verdade é que tanto faz, todos os sabores dos sorvetes artesanais da Fragola são intensos e irresistíveis. Além disso, a delícia é servida no clássico cucurucho – que mais parece uma montanha de sorvete –, o que deixa tudo mais instagramável.”

• Avenida Sarandí, 850, em Rivera

Um pouco de aventura

Foto: Agência Fronteiras/ Divulgação

Foto: Agência Fronteiras/ Divulgação

“Para quem está em busca de um passeio com mais emoção, vai adorar saber que a agência Fronteiras, em parceria com o grupo de socorristas Guapos, organiza grupos para fazer rapel no Cerro Palomas. Além de uma vista linda, você se desafia a fazer um programa bem diferente.”

• Rua dos Andradas, 129. Galeria Planela, sala 19, em Livramento
• (55) 98407-6944
fb.com/agenciafronteiras

Beleza em alta

“Para cuidar da beleza em Santana do Livramento, a dica é a estética Nuance. Em atividade há 19 anos, o salão tem como diferencial um espaço completo para noivas. A proprietária Estela Burgel atende clientes brasileiras e uruguaias e conta que o grande desafio é seguir as tendências dos dois países na entrega do serviço. Um exemplo: as brasileiras preferem mechas douradas, e as uruguaias, peroladas.”

• Av. 24 de Maio, 965, Santana do Livramento
• (55) 3241-3631
nuanceestetica.com.br

Vem por aí

“Para quem já conheceu a rota dos vinhos, a dica é aguardar pela mais nova atração de Livramento: a Casa Albornoz. O negócio de família, tocado por quatro mulheres, tem como principal atração o cultivo de olivas. A casa fica em frente ao Cerro Palomas e abre as portas em novembro. Por lá, vão rolar almoços para grupos, com visita à plantação de olivas e a possibilidade de curtir o dia em meio à natureza.”

• Na BR-158, km 458,5, bem na frente do Cerro Palomas, em Livramento
• (55) 3242–4688

Leia mais
Comente

Hot no Donna